Séculus
Prefeitura de Jaraguá do Sul

Projeto de Obras da PMJS foi finalista no 3º Prêmio Inovação

27 Out 2015 - 16h54

O reconhecimento à iniciativa que propicia a Secretaria de Obras e Serviços Públicos da Prefeitura de Jaraguá do Sul uma economia mensal de R$ 15 mil ocorreu na última semana quando o Projeto Peneira Elétrica ficou entre os finalistas do 3º Premio Inovação promovido pela Prefeitura de Joinville. De âmbito estadual, a premiação tem por finalidade homenagear pessoas e instituições públicas ou privadas, que com suas ações se destacarem na promoção do conhecimento e prática da inovação, na geração de processos, bens e serviços inovadores com relevantes reflexos econômicos, sociais e ambientais.


Ao todo 97 projetos concorreram em sete categorias: Acadêmicos – Cursos Técnicos; Acadêmicos – Graduação; Acadêmicos – Pós-Graduação; Empresas – Micros/Pequenas; Empresas – Média Empresa; Empresas – Grande Empresa e; Setor Público – Processos e Serviços Públicos.

Na categoria “Setor Público”, participaram 12 projetos, com Jaraguá do Sul ficando entre os três melhores. O programa “Aplicação do protocolo terapêutico one-stage full-mouth disinfection no Sistema Único de Saúde (SUS)” da Secretaria de Saúde de Joinville foi o vencedor.

A Peneira Elétrica ficou com o segundo lugar, resultado que foi bastante comemorado pelo secretário de Obras e Serviços Públicos da PMJS, Hideraldo Colle. “É um orgulho para todos nós jaraguaenses e premia principalmente a dedicação dos servidores que desenvolveram um mecanismo que propicia uma economia

Inovação – A iniciativa de construir uma peneira elétrica partiu da equipe dos funcionários do Setor de Soldas da Secretaria de Obras Joacir Martim, Cristiano Dioney da Silva e João Carlos Lúcio, com apoio do próprio Hideraldo Colle. A ideia surgiu quando começou a extração de resíduos minerais (seixo) por conta do desassoreamento de rios para a prevenção de enchentes no município. O equipamento hoje não só gera areia para a fabricação de tubos e na pavimentação como uma economia mensal de R$ 15 mil na compra deste material, estimativa da própria secretaria.


A peneira é maior e mais barata que as existentes no mercado com custo total de R$ 20 mil reais já que reaproveitou algumas peças mecânicas e elétricas. Um equipamento novo custaria R$ 90 mil reais. E nada é desperdiçado. As pedras que não passam na peneiragem são usadas para base de asfalto. “Em momentos de crise ações como esta são bem-vindas”, avaliou Colle.

GNet

Matérias Relacionadas

Geral

Interdição parcial da Rua João Planincheck nesta quinta

A medida é necessária para mudar uma boca de lobo de lugar, onde em breve, será instalada uma faixa elevada pela Prefeitura
Interdição parcial da Rua João Planincheck nesta quinta
Economia

Empresário Vicente Donini recebe Ordem do Mérito da Indústria na sexta-feira

A distinção é concedida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), com indicação da FIESC
Empresário Vicente Donini recebe Ordem do Mérito da Indústria na sexta-feira
Saúde

Exposição Interativa Saúde Bucal e Nutrição começa nesta quarta em Jaraguá

A exposição poderá ser visitada das 13h às 19h e tem entrada gratuita
Exposição Interativa Saúde Bucal e Nutrição começa nesta quarta em Jaraguá
Geral

Projeto da SCAR promove debates online com transmissão ao vivo sobre o universo da dança

As conversas, com transmissão ao vivo, passam pelo balé, jazz e pelas danças urbanas e acrobáticas
Ver mais de Geral