Mês do Trânsito - Rádio
Investigação

Polícia deve investigar suspeita de fraude em licitação na prefeitura de Massaranduba

01 Mar 2013 - 11h44

A Polícia Civil deve instaurar inquérito para apurar suspeita de fraude em licitação na prefeitura de Massaranduba. O fato ocorreu na tarde de quarta-feira, durante a abertura dos envelopes com propostas de oito empresas para fornecimento de materiais de limpeza ao município. O prefeito Mário Fernando Reinke, PSDB, foi alertado sobre essa possibilidade e suspendeu o pregão. Três empresários foram acusados de oferecer dinheiro para que outros concorrentes desistissem de participar da licitação. A concorrência foi para contratação de empresa que venderia material de higiene e limpeza para escolas e centros de educação infantil e autarquias municipais. O valor estimado era de aproximadamente R$ 360 mil. A constatação do crime prevê uma pena de dois a quatro anos de detenção e multa para os autores. Além disso, a empresa fica impedida de tentar novo edital no município por dois anos. Se não houver condenação o processo licitatório, que se manterá apenas suspenso durante as apurações, será retomado.

ROGÉRIO TALLINI

Matérias Relacionadas

Educação

Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual

As redes municipal, privada e federal têm autonomia para decidir como conduzir as ações pedagógicas e a retomada, porém, de acordo com o que estabelece o PlanCon e mediante o acompanhamento e a atuação dos comitês municipais
Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual
Economia

Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas

O índice subiu 67,6 pontos, diz CNC
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
Geral

Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país

Entrada por rodovias e por outros meios terrestres continua restrita
Governo libera entrada de estrangeiros em todos os aeroportos do país
Economia

IBGE: 3,4 milhões estavam afastados do trabalho no início setembro

O motivo foi o isolamento social imposto pela pandemia de covid-19
IBGE: 3,4 milhões estavam afastados do trabalho no início setembro
Ver mais de Geral