Investigação

Polícia deve investigar suspeita de fraude em licitação na prefeitura de Massaranduba

01 Mar 2013 - 11h44

A Polícia Civil deve instaurar inquérito para apurar suspeita de fraude em licitação na prefeitura de Massaranduba. O fato ocorreu na tarde de quarta-feira, durante a abertura dos envelopes com propostas de oito empresas para fornecimento de materiais de limpeza ao município. O prefeito Mário Fernando Reinke, PSDB, foi alertado sobre essa possibilidade e suspendeu o pregão. Três empresários foram acusados de oferecer dinheiro para que outros concorrentes desistissem de participar da licitação. A concorrência foi para contratação de empresa que venderia material de higiene e limpeza para escolas e centros de educação infantil e autarquias municipais. O valor estimado era de aproximadamente R$ 360 mil. A constatação do crime prevê uma pena de dois a quatro anos de detenção e multa para os autores. Além disso, a empresa fica impedida de tentar novo edital no município por dois anos. Se não houver condenação o processo licitatório, que se manterá apenas suspenso durante as apurações, será retomado.

ROGÉRIO TALLINI

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

[AO VIVO] Governo atualiza dados sobre coronavírus em SC

Coletiva sobre o panorama do novo coronavírus em Santa Catarina, com atualização do número de casos e as ações de enfrentamento à pandemia
[AO VIVO] Governo atualiza dados sobre coronavírus em SC
Saúde

Médico dá dicas e responde a dúvidas sobre o novo coronavírus Covid-19

O médico infectologista, Willy Mamoru Hiraga, responde a questionamentos que a comunidade tem feito de como se prevenir do risco de contágio
Médico dá dicas e responde a dúvidas sobre o novo coronavírus Covid-19
Coronavírus

[AO VIVO] Número de casos de covid-19 no Brasil chega a 6.836 e mortes somam 240

Governo atualiza dados sobre avanço da pandemia no país
[AO VIVO] Número de casos de covid-19 no Brasil chega a 6.836 e mortes somam 240
Corupá

Águas de Corupá reforça pedido para evitar desperdício de água no Município

Consumo aumentou 18% durante o período de isolamento social
Ver mais de Geral