Geral

Palestra encerra a Semana do Consumidor em Jaraguá do Sul

Evento reuniu consumidores em geral, acadêmicos e empresários lojistas, especialmente

21 Mar 2019 - 19h00Por PMJS
Palestra encerra a Semana do Consumidor em Jaraguá do Sul - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

A palestra proferida pelo promotor de justiça Rafael Meira Luz (Promotor da Área de Defesa do Consumidor), na noite de quarta-feira (20), no Teatro do Sesc, marcou o encerramento da Semana do Consumidor, promovida pelo Procon de Jaraguá do Sul. O evento reuniu consumidores em geral, acadêmicos e empresários lojistas, especialmente.

O promotor iniciou falando que a primeira experiência profissional que teve foi como estagiário do Procon de Santa Catarina, em Florianópolis, onde teve os primeiros contatos e informações sobre diretos do consumidor. “Foi uma grande escola e onde descobri minha vocação”, comentou. Durante aproximadamente um hora, Meira Luz lembrou da evolução das leis em defesa do consumidor, como a Lei da Usura de 1943, que limitava a taxa de juros em 0,5% ao mês e que foi derrubada anos depois. Citou os planos econômicos das décadas de 1980 e 1990, como forma de o estado intervir na política econômica do país.

Para o promotor, a Constituição Federal de 1988 foi o divisor de águas, assegurando em seu Artigo 5º que o Estado fará, na forma da Lei, a defesa do consumidor. “Mas foi na década de 1990 que surgiu o Código de Defesa do Consumidor, que trata do cumprimento daquilo que a Constituição mandava fazer”, disse.

Na sequência, resumiu alguns artigos do Código de Defesa do Consumidor e as interpretações jurídicas de alguns deles, citando exemplos de casos de relações entre fornecedores e consumidores que ganharam notoriedade nacional. Falou sobre as relações atuais de comércio, e deixou várias dicas para um consumo consciente: “O primeiro passo é comprar de quem vocês sabem que não afetem os seus direitos”. 

A diretora do Procon, Samira Leutprecht, avaliou a programação da semana como bastante positiva para o órgão de defesa do consumidor. “Quando educamos o consumidor para seus diretos e responsabilidades cumprimos o papel para manter um bom relacionamento entre ele e o seu fornecedor”, disse ela. Ao falar sobre os atendimentos do Procon, Samira destacou que não há muitos problemas de relacionamentos entre consumidores e as empresas locais, sendo que predominam as questões com grandes fornecedores, como as teles. “E temos um nível de resolução de 95% dos conflitos”, enfatizou.

Para finalizar, o Procon entregou os certificados de “Selo Amigo do Consumidor” para dez empresas jaraguaenses, com o objetivo de identificar ao consumidor as lojas e empresas que cumprem o Código de Defesa do Consumidor e que não têm nenhuma ação julgada em definitivo pelo Procon. As empresas passaram por capacitação, apresentaram documentos, como certidões negativas, alvará de funcionamento, contrato social, entre outros. 

Confira as dez empresas que receberam o Selo Amigo do Consumidor:
1. Agropecuária Real
2. Comercial Vidota Matriz
3. Comercial Vidota Filial
4. Global Móveis
5. Imobiliária Beta
6. Joalheria Zaber
7. Madeireira Flórida
8. RM Comércio de Máquinas
9. Sipar Ferramentas
10. Viva Comércio


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Moradores de Guaramirim ficarão sem fornecimento de água na próxima semana

Os trabalhos consistem no desligamento do transformador da ETA para fazer a troca da fiação de saída do transformador que alimenta toda a estação
Moradores de Guaramirim ficarão sem fornecimento de água na próxima semana
Geral

Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março

Desde o início da pandemia, o número de benefícios mensais concedidos se mantém acima da média de três mil. Em 2021, o valor investido é de quase R$ 1,4 milhão
Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março
Geral

Estabelecimentos turísticos podem usar cadastros gratuitos para divulgação

Cadastur e Viaje+SC dão visibilidade aos estabelecimentos em todo o País e fora dele
Estabelecimentos turísticos podem usar cadastros gratuitos para divulgação
Geral

Companhia aérea é condenada a indenizar casal de Jaraguá por dano moral

Casal pagou por poltronas mais confortáveis, em viagem para os EUA, mas não conseguiu usar
Companhia aérea é condenada a indenizar casal de Jaraguá por dano moral
Ver mais de Geral