#ficaemcasa
Retrospectiva

O que foi notícia há um ano aqui no Jornal da Jaraguá

18 Jan 2013 - 11h55

Há um ano, o Jornal da Jaraguá anunciava que o secretário-adjunto da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, e o presidente da Cidasc, Enori Barbieri, participarim de reunião na Secretaria da Agricultura do Paraná para definir medidas que evitassem a entrada do vírus da febre aftosa no Estado. O encontro ocorreu em função do novo foco da doença, notificado pelo Paraguai, naquela época. O vírus foi identificado em bovinos numa propriedade no departamento San Pedro, a cerca de 30 km do foco encontrado em setembro de 2011.


O superintendente do DNIT/SC, João José dos Santos, vistoriava as obras de contenção na Serra de Corupá, BR-280 e verificava as condições da rodovia até São Bento do Sul.

Há um ano, o geólogo Normando Zitta, iniciava um levantamento das condições do Morro da Mariquinha, como é conhecida a área de risco localizada no bairro Rio Branco, em Guaramirim. Na semana anterior, um deslizamento interrompeu o trânsito na SC 416, naquela localidade, considerada uma das mais vulneráveis do município. O geólogo foi contratado pela Prefeitura de Guaramirim e começa os serviços de avaliação e mapeamento de áreas de risco. As vistorias forão acompanhadas pela Defesa Civil e por engenheiros da Prefeitura. 

O município de Barra Velha está em situação de emergência por causa da chuva. Uma chova forte causou alagamentos em pelo menos dez ruas centrais. O coordenador da Defesa Civil de Barra Velha, Elton César Cunha, relatava que a orientação para o decreto de situação de emergência partiu da Defesa Civil regional e serviria para agilizar obras de prevenção a novas enchentes deste tipo. 


No dia 18 de janeiro do ano passado aqui no Jornal da Jaraguá, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Jaraguá do Sul e Região, Vilmar Garcia, falava sobre o caso da empresa de parafusos que fechou as portas há dez anos e que deixou mais de 40 funcionários sem as verbas rescisórias. Vilmar Garcia criticou as declarações de um ex-funcionário de que o Sindicato dos Metalúrgicos não estaria dando assistência ao caso. Ele considerava na época que  ainda que seriam necessários cerca de R$ 5 milhões para pagar as indenizações aos ex-funcionários.

JOTHA SANTOS

Matérias Relacionadas

Educação

Faber-Castell abre 17 cursos de desenho gratuitos na quarentena

Os cursos podem ser feitos de forma individual, ou conjunta com os familiares, para estimular a interação entre todos
Faber-Castell abre 17 cursos de desenho gratuitos na quarentena
Saúde

Jovens de Brasília produzem máscaras em 3D e doam para hospitais

As máscaras são distribuídas gratuitamente em hospitais do Distrito Federal
Jovens de Brasília produzem máscaras em 3D e doam para hospitais
Geral

Criadas lentes de contato que corrigem visão de daltônicos

As lentes também poderão ser utilizadas para outras deficiências
Criadas lentes de contato que corrigem visão de daltônicos
Geral

Xiaomi lança boné com laser que promete tratar calvície

O boné leva o nome de Cosbeauty LLLT e a Xiaome garante cabelo saudável em 12 semanas
Xiaomi lança boné com laser que promete tratar calvície
Ver mais de Geral