GNet
Gripe

Número de mortes por Influenza traz alerta para região de Jaraguá do Sul

26 Jul 2016 - 14h23

No Estado o índice é de 12% e a região de Jaraguá do Sul ultrapassou este dado, sendo nove mortes para 63 casos notificados neste ano.


Na semana passada o diretor de Vigilância Epidemiológica do Estado, Eduardo Macario, esteve em reunião com técnicos da saúde de Jaraguá do Sul e Guaramirim. Na próxima semana a Gerência da Regional estará reunida com municípios de Massaranduba, Corupá e Schroeder. “O alerta é necessário porque há a possibilidade de mais uma onda de frio. Neste ano a doença se comportou de maneira diferente, o frio chegou antes, tivemos dois picos de notificações e podemos ter mais um. No ano passado foi apenas um registro”, destaca Aline.

Conforme a gerente destacou, o aumento nas temperaturas faz as pessoas esquecerem que precisam continuar se prevenindo e o alerta é para que aos primeiros sintomas o paciente procure uma unidade de saúde para iniciar o tratamento com Tamiflu. “Não é que o Tamiflu não cure a gripe. Ele "cura" (reduz os sintomas em 24h). Ele não tira o vírus do organismo, mas impede que a ação do vírus seja mais devastadora (bloqueia a entrada do vírus nas células). A pessoa com o vírus e usando Tamiflu pode ainda continuar transmitindo, mas apresenta melhora significativa. Importante colocar que a população procure as unidades de saúde nos primeiros sintomas, preferencialmente nas primeiras 48h. Evite automedicação”, explica Aline.

A Diretoria de Vigilância do Estado (DIVE) cedeu dois respiradores e dois monitores para o Hospital São José, em Jaraguá do Sul, para auxiliar nos atendimentos a casos suspeitos de gripe.

Sintomas

São sintomas semelhantes aos da gripe comum, febre alta e tosse, mas em alguns casos também podem aparecer, dor de cabeça e no corpo, garganta inflamada, falta de ar, cansaço, diarréia e vômitos.

 Dicas de prevenção

- Higienizar as mãos com água e sabonete/sabão antes das refeições, antes de tocar os olhos, boca e nariz após tossir, espirrar ou usar o banheiro;


- Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies;

- Proteger com lenços (preferencialmente descartáveis) a boca e nariz ao tossir ou espirrar, para evitar disseminação de gotículas das secreções; na impossibilidade de serem usados lenços, recomenda-se proteger a face junto à dobra do cotovelo ao tossir ou espirrar;

- Manter os ambientes ventilados;

- Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.

GNet

Matérias Relacionadas

Política

Caropreso pleiteia recursos para hospitais em reunião com governador

Cultura também esteve na pauta. Deputado convidou o governador para Femusc
Caropreso pleiteia recursos para hospitais em reunião com governador
Saúde

Covid-19: 65 mil doses da Janssen chegam ao estado para o início da aplicação do reforço

Em Santa Catarina, 260.723 pessoas já estão aptas a receber a segunda dose da Janssen.
Covid-19: 65 mil doses da Janssen chegam ao estado para o início da aplicação do reforço
Economia

Santer lança empreendimentos de alto padrão no Litoral Norte Catarinense

Segundo o diretor da Santer, Fernando Silva, os lançamentos de alto padrão em Barra Velha e Penha atendem a um novo público, que está procurando as cidades não apenas para veraneio, mas também para moradia
Santer lança empreendimentos de alto padrão no Litoral Norte Catarinense
Geral

WEG desenvolve linha de revestimentos nanoestruturados em parceria com as Empresas Randon

Mais sustentável, mais resistente à corrosão e com melhor performance de brilho e cor, a linha New Tech chega ao mercado isenta de solventes, a base d'água e de nanopartículas.
WEG desenvolve linha de revestimentos nanoestruturados em parceria com as Empresas Randon
Ver mais de Geral