Imobiliária Coralli
Acidente

Motociclista morre após acidente com caminhão de lixo

11 Jan 2012 - 14h29

Um motociclista de 44 anos, que entregava pizzas, morreu após colidir contra um caminhão da Engepasa, que presta serviço de coleta de lixo à Prefeitura de Jaraguá do Sul, na noite de segunda-feira (9). O acidente ocorreu às 22h e, segundo testemunhas, o caminhão estava na contramão da direção na Rua Expedicionário Antônio Carlos Ferreira, no Centro. A Polícia Civil está investigando o caso e pode classificar o acidente como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.


Sidnei Berri sofreu ferimentos graves e morreu no Hospital São José, às 11h20 de terça-feira (10). Conhecido como "cabra", Sidnei trabalhava como latoeiro durante o dia e como entregador de pizzas à noite. A viúva da vítima, Holanda Berri, disse que ele tinha dificuldades para trabalhar porque ficara com seqüelas de outro acidente com motocicleta. Ela afirmou, em entrevista à Rádio Jaraguá AM, que a empresa não se manifestou à família sobre o acidente. "Não falaram nada, apenas mandaram uma coroa de flores. Agora, quero entrar na Justiça, porque ele estava trabalhando e passava por chuva e frio", disse. O corpo será enterrado no Cemitério da Vila Lenzi às 16h desta quarta-feira (11).

 Julio Jullis, 40, é motorista licenciado da empresa Engepasa e, no dia 4 de junho de 2010, dirigia o caminhão quando atropelou um colega de trabalho, que subia no caminhão e foi abaixo do veículo quando ele entrou em marcha ré. A vítima morreu em seguida. Em entrevista à Rádio Jaraguá, na manhã desta quarta-feira, o motorista disse que os recolhedores de lixo sofrem riscos durante o trabalho por causa das atitudes imprudentes dos motoristas dos veículos. "A empresa oferece curso e manda os motoristas serem responsáveis, mas na prática é outra coisa", contou. "No campo, o trabalho funciona livremente. Os fiscais da empresa veem os motoristas do caminhão andaram em alta velocidade nas ruas, mas não fazem nada", afirmou.

Ele relatou que a prática dos motoristas de fazerem manobras perigosas enquanto os recolhedores estão subindo e descendo dos caminhões é comum. "Pelo que entendo, a empresa até aceita a alta velocidade dos motoristas, pelo fato de eles retornarem mais cedo ao pátio e darem mais lucros", afirmou. Jullis conta que possui vídeos que provam a atitude imprudente dos motoristas, como trafegar na contramão, além de que funcionários correm na frente do veículo amontoando as sacolas de lixo, que muitas vezes são arremessadas e rasgam.  Ele também conta que os caminhões andam em marcha ré com os funcionários em cima, correndo risco de cair, e que e sempre alerta os colegas para tomarem cuidados durante o serviço. "As regras só estão no papel. Assim que o caminhão sai do pátio, é uma loucura", relatou o motorista, que afirma ter sido afastado da empresa depois do acidente em 2010 e depois de ter alertado os fiscais sobre as irregularidades no trabalho dos colegas.


Depois da entrevista do motorista, vários ouvintes da Jaraguá AM relataram, ao vivo, a imprudência dos veículos da empresa durante o serviço de coleta. A Emgepasa Solucões Ambientais não atendeu os telefonemas da redação durante a manhã desta quarta-feira.

DANIEL FILHO

Matérias Relacionadas

Geral

Pagamento em dinheiro volta a ser aceito no transporte coletivo em Jaraguá

Desde a retomada do transporte público, o pagamento da passagem só era permitido com cartão TEM
Pagamento em dinheiro volta a ser aceito no transporte coletivo em Jaraguá
Solidariedade

Irmãos com 'olhos de vidro' precisam de ajuda para trocar as próteses

Jovens sofrem de uma doença chamada retinoblastoma, que é um tumor no globo ocular que comprometeu a visão
Irmãos com 'olhos de vidro' precisam de ajuda para trocar as próteses
Jaraguá do Sul

Voluntários do Hospital Jaraguá promovem bazar na antiga casa do Breithaupt

Conforme a coordenadora Izaura Herpich, há roupas para todas as idades, utensílios domésticos e acessórios, com preços a partir de R$ 1,00
Voluntários do Hospital Jaraguá promovem bazar na antiga casa do Breithaupt
Santa Catarina

Leilão de bens móveis que inclui aeronave do Estado tem fechamento de lotes nesta quarta-feira

A lista de itens disponíveis também inclui carros, impressoras, móveis e outros bens de consumo
Leilão de bens móveis que inclui aeronave do Estado tem fechamento de lotes nesta quarta-feira
Ver mais de Geral