Geral

Malwee recebe Prêmio Empresa Cidadã 2012

15 Ago 2012 - 22h19

A Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil em Santa Catarina (ADVB/SC) entrega nesta quinta-feira, 16 de agosto, o Prêmio Empresa Cidadã 2012 a 15 instituições catarinenses, entre as quais a Malwee Malhas. O evento será realizado a partir das 19h30min, no Centro de Eventos da Pousada Rural do Sesc, em Lages, e deve reunir cerca de 500 convidados, entre eles diretoria da entidade, representantes das empresas vencedoras e o governador do Estado, Raimundo Colombo.
Os projetos que concorreram ao Empresa Cidadã são relacionados às áreas de Preservação Ambiental, Participação Comunitária e Desenvolvimento Cultural. "Percebemos que, a cada ano, as empresas investem mais em iniciativas que buscam o bem-estar social e a preservação ambiental. São bons exemplos que refletem em toda sociedade e a ADVB os reconhece publicamente por meio dessa premiação", destaca Juarez Beltrão, presidente da entidade.  

Todos os cases inscritos foram avaliados entre os dias 30 de junho e 14 de julho, por uma comissão julgadora formada por membros da Escola Superior de Propaganda e Marketing da região Sul (ESPM-Sul), com base na relevância social e comunitária da iniciativa; originalidade e correção das estratégias; eficácia na execução do trabalho; e resultados obtidos, com relação ao grau de benefício social e comunitário alcançado pelo projeto. 
Foram cinco jurados: Iara Silva da Silva e Liliane Antunes Rohde, na categoria Preservação Ambiental; Cláudia Paes Borba e Ana Damico, na categoria Participação Comunitária; e Cláudia Barbisan na categoria Desenvolvimento Ambiental.

Empresa: Malwee Malhas

Área: Preservação Ambiental 
Case:
 Garrafas PET: o lixo que virou moda na Malwee
Após vários estudos e pesquisas de viabilidade, a Malwee desenvolveu parcerias capazes de produzir fios de poliéster provenientes de garrafas PET para utilizar na produção de suas peças. O sucesso dessa iniciativa é hoje percebido em várias esferas. 
Em 2011, a empresa tirou dos lixões mais de 2,4 milhões de garrafas PET (produto que leva de 300 a 400 anos para se decompor na natureza) para produzir parte de suas coleções. Informou mais de dois milhões de consumidores sobre a importância dessa ação e introduziu uma nova matéria-prima na empresa e um novo conceito de preservação ambiental entre os seus funcionários.
Do ponto de vista social, contribuiu com mais de duas mil famílias e 50 entidades que vivem diretamente da coleta desse material reciclável. 

Matérias Relacionadas

Geral

Militares brasileiros em Beirute estão bem, diz Marinha

Grande explosão na capital do Líbano deixou pelo menos dez mortos
Militares brasileiros em Beirute estão bem, diz Marinha
Guaramirim

Guaramirim confirma 12ª morte por coronavírus

O município já realizou 2993 testes, sendo 2190 descartados e 793 positivos para a doença
Guaramirim confirma 12ª morte por coronavírus
Jaraguá do Sul

Rua Uruguai interditada parcialmente a partir desta quarta-feira

A interdição ocorre devido a parada de caminhão para concretagem de laje e pilares em obras no Condomínio Residencial Carbon localizado naquela via
Geral

Samae esclarece sobre descarte de resíduos de pessoas contaminadas pelo coronavírus

A engenheira sanitarista e gerente de Resíduos Sólidos, Morgana Decker, explica que a principal recomendação para as pessoas que estão com covid-19 é descartar todos os resíduos no lixo comum, evitando a separação dos recicláveis pelo menos no período em
Samae esclarece sobre descarte de resíduos de pessoas contaminadas pelo coronavírus
Ver mais de Geral