Projeto

Lei que autoriza presença das doulas em hospitais começa a valer em SC

20 Jul 2016 - 09h25
Nesta semana começou a valer a lei que autoriza a presença de doulas quando solicitado pela gestante em maternidades e hospitais catarinenses. A lei estadual foi sancionada em janeiro, porém as instituições tiveram seis meses para se adequar. Penalidades a maternidades que impedirem a presença das doulas vão desde advertência à denúncia no órgão competente. Pelo projeto, as maternidades, casas de parto e hospitais da rede pública e privada ficam obrigadas a permitir a presença de doulas durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, sempre que solicitadas pela parturiente. A lei prevê ainda que não haja ônus nem vínculos empregatícios com esses estabelecimentos de saúde.   O que são
Doulas são acompanhantes de parto escolhidas livremente pelas gestantes e parturientes que visam prestar suporte contínuo à gestante no ciclo gravídico puerperal, favorecendo a evolução do parto e bem-estar da gestante, com certificação ocupacional em curso para essa finalidade.



Agência RBS

Matérias Relacionadas

Geral

Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia

Receita alerta para retorno de obrigações adiadas na pandemia
Geral

Governo prorroga presença das Forças Armadas na Amazônia Legal

Operação Verde Brasil vai até 6 de novembro na região
Governo prorroga presença das Forças Armadas na Amazônia Legal
Saúde

Vacina contra câncer está pronta pra testes em humanos

A equipe afirma que a vacina apresentou várias vantagens importantes em relação a outras já em desenvolvimento
Vacina contra câncer está pronta pra testes em humanos
Variedades

Gorila ameaçada de extinção está grávida: 1º bebê em 2 décadas

Será o primeiro bebê gorila em 24 anos da espécie planície ocidental, originária da África Central e extremamente rara.
Gorila ameaçada de extinção está grávida: 1º bebê em 2 décadas
Ver mais de Geral