Geral

Kadafi, Mubarak e Ben Ali têm bens congelados na Suíça

03 Mai 2011 - 11h19

O Departamento Federal dos Negócios Estrangeiros da Suíça anunciou hoje o congelamento dos depósitos bancários do presidente da Líbia, Muamar Kadafi, e dos ex-presidentes do Egito, Hosni Mubarak, e da Tunísia, Zine Al Abidine Ben Ali, entre outros líderes de países do Norte da África e do Oriente Médio. No total, foram congelados cerca de 646 milhões de euros.

Segundo os dados oficiais do governo suíço, a maior parte dos fundos congelados pertence a Hosni Mubarak - 320 milhões de euros. O anúncio sobre o bloqueio dos bens foi feito pela presidente da Federação dos Bancos da Suíça, Micheline Calmy-Rey, durante visita à Tunísia.

A ordem ocorre cerca de uma semana depois que a Organização das Nações Unidas (ONU) intensificou o pacote de sanções à Líbia, na tentativa de pressionar Kadafi a abrir mão do poder. Desde o começo do ano, o país está submerso em uma crise agravada pelos ataques da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

No caso de Mubarak, os bens congelados na Suíça envolvem 280 milhões de euros. Em relação a Ben Ali, o bloqueio envolve 46 milhões de euros. No entanto, as próprias autoridades suíças reconhecem que há muitas especulações envolvendo os montantes de recursos referentes aos líderes africanos e do Oriente Médio.

De acordo com dados do banco nacional suíço, os bens globais referentes a Ben Ali atingiram, em 2009, 483 milhões de euros.

Fonte: Diário Catareinense

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Ver mais de Geral