GERAL

Incêndio destrói matas e ameaça aldeias pataxós em parque nacional da Bahia

04 Mar 2019 - 17h06Por José Maria Tomazela

Dois grandes focos de incêndio continuavam ativos, na manhã desta segunda-feira, 4, no Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal, unidade de conservação federal com sede em Porto Seguro, no sul do Estado da Bahia. Além de devastar a mata e causar a morte de animais e aves, o incêndio ameaçava as aldeias dos índios Pataxós instaladas na unidade, de 22,3 mil hectares. Uma equipe do Instituto Chico Mendes (ICMBio), que administra a reserva, chegou de Brasília e conseguiu dois tratores de esteira para tentar conter o avanço das chamas com a abertura de aceiros.

Segundo o professor indígena Edimarcos Poncada Santana, o primeiro foco surgiu no dia 28 de fevereiro e se espalhou, favorecido pelo vento e pelo tempo seco na região. O foco inicial, que irrompeu na região do Rio Caraíva, próximo da Aldeia Boca da Mata, dos pataxós, foi controlado na noite deste domingo, 3, após intensa atuação de 250 brigadistas e voluntários, incluindo os próprios indígenas.

Outros focos, no entanto, avançaram pela reserva, que abrange os municípios de Porto Seguro, onde o incêndio já fez mais estragos, Itamaraju e Itabela. "Por falta de meios para o combate, o fogo fugiu do controle. Não é possível dizer com certeza, mas acredito que uns 40% do parque já foram atingidos", disse. Além das brigadas do Monte Pascoal e do vizinho Parque do Descobrimento, enfrentam o fogo voluntários das aldeias Meio da Mata, Corumbauzinho, Barra Velha, Cassiana e Boca da Mata.

De acordo com Santana, a empresa Veracel Celulose, que mantém programas sociais nas aldeias, enviou um caminhão e um avião para dar apoio às equipes. "O avião pega água do mar, perto de Trancoso, e lança sobre os focos mais altos, mas é pouco. Precisamos de mais equipamentos, combustível e motosserras", disse.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do ICMBio, porém, devido ao feriado prolongado do carnaval, não obteve retorno. O Parque do Monte Pascoal é uma das mais importantes unidades de conservação integral do sul da Bahia. Na unidade, está localizado o Monte Pascoal, primeira porção de terra brasileira avistada pela expedição de Pedro Álvares Cabral, em 1.500. A reserva abriga cerca de seis mil indígenas da etnia pataxó.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Promotor de Justiça verifica situação dos cabos soltos nas ruas em Jaraguá

Marcelo Cota e o secretário de Planejamento, Eduardo Bertoldi, identificaram situações de fiação irregular em Jaraguá do Sul
Promotor de Justiça verifica situação dos cabos soltos nas ruas em Jaraguá
Geral

Entra em vigor lei do teste de paternidade em parentes de suposto pai

O teste em parentes consanguíneos poderá ser autorizado por um juiz
Geral

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Ver mais de Geral