Unimed - Capa
Educação

Ideb de Corupá atinge 5,4%

16 Ago 2012 - 17h48

No dia 14 de agosto, o Ministério da Educação (MEC) divulgou o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), dos municípios, que participaram da avaliação. O Ideb é um indicador calculado de dois em dois anos que avalia a qualidade da educação em escolas públicas por meio de fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. O município de Corupá, no índice geral alcançou 5,4%, aumentando 9% em relação ao desempenho de 2009, e atingindo a projeção do MEC que era de 5,3%. O maior crescimento foi nos anos iniciais, em que alcançou 6,1%, atingindo a meta estabelecida pelo MEC para o ano de 2021 (6,0).     

Índice geral do município



































Ano


Rede Municipal


Rede Estadual


Geral Municípío


2011


5,5


5,4


5,4


2009


4,7


5,1


5,0


2007


4,8


4,7


4,8


2005


4,1


4,8


4,4


Ideb geral dos municípios da microrregião:
























Massaranduba


Jaraguá do Sul


Corupá


Guaramirim


Schroeder


São João do Itaperiu


Barra Velha


5,8


5,7


5,4


5,3


5,1


4,8


4,6


Índice estadual e nacional













Santa Catarina


Brasil


5,0


4,2


A direção, professores e alunos da Escola Municipal Aluísio Carvalho e da Escola de Educação Básica Teresa Ramos podem comemorar o melhor número do Ideb, alcançado em Corupá. No ensino fundamental, 4ª série/5º ano, atingiram 6,6% e 6,4 respectivamente e nos anos finais, 8ª série/9º ano, a Escola Aluísio e Francisco Mees atingiram 5,2.  

Os índices do município atingiram as metas projetadas pelo MEC que eram de 5,3%  na 4ª série/5º ano,  e  4,8 %  na 8ª série/9º ano.  Segundo  o Secretário de Educação Lairton Hartmann Müller, a melhora significativa no índice nas séries iniciais deve-se em razão da diminuição das reprovações nos últimos anos, que em 2011 foi de apenas 2,75%,  reduzindo 37% em relação a 2010 e não há evasão escolar no município.

"O aumento do índice deve-se também ao programa de formação continuada oferecido pela Secretaria de Educação de Corupá por meio do Pro-Letramento para professores do 1º ao 5º ano e Gestar II para os professores de e 6º ao 9º ano. Além disso,  há os encontros pedagógicos realizados nas escolas, o exaustivo trabalho dos professores, coordenadores e direção de escolas e o acompanhamento dos professores do Caeco. Os professores fazem a recuperação paralela e  utilizam metodologias diversificadas que favorecem a aprendizagem de todos os alunos. E não podemos esquecer de destacar o acompanhamento e apoio dos pais e da comunidade na aprendizagem dos alunos", enfatiza o secretário.

Indice do Ideb das escolas em Corupá de 2005 a 2011:

4ªsérie/5º ano











































































Escolas

4ªsérie/5º ano

 


2011


2009


2007


2005


1- Aluísio Carvalho de Oliveira


6,6


5,5


5,2


4,2


2- Francisco Mees


6,2


4,3


4,4


4,4


3- José Pasqualini


5,8


5,0


4,2


------


Média Rede Municipal


6,2


4,9


4,6


4,3


 


 


 


 


 


4- São José


5,8


5,1


4,4


4,5


5- Teresa Ramos


6,4


5,5


5,1


5,0


Média Rede Estadual


6,1


5,3


4,7


4,8


Média Geral


6,1


5,1


4,6


4,5


 

8ªsérie/9º ano




































































Escolas

8ªsérie/9º ano

 


2011


2009


2007


2005


1- Aluísio Carvalho de Oliveira


5,2


4,8


4,9


3,9


2- Francisco Mees


5,2


4,2


4,9


4,2


3- José Pasqualini


4,2


----------


-----------


------


Média Rede Municipal


4,8


4,5


4,9


4,0


4- São José


4,3


4,6


4,5


--------


5- Teresa Ramos


5,1


5,2


4,8


4,8


Média Rede Estadual


4,7


4,9


4,6


4,8


Média Geral


4,8


4,7


4,8


4,4


 

Ideb

  O Ideb foi criado pelo Ministério da Educação em 2005, quando se estabeleceram as metas para melhoria da educação básica. O índice é calculado com base no desempenho dos alunos na Prova Brasil, de  português e matemática, e na taxa de aprovação das escolas. A avaliação é aplicada a alunos da 4ª série/5º ano e 8ª série/9º ano de todas as escolas públicas com mais de 20 alunos matriculados na turma. Estudantes do 3º ano do Ensino Médio e de escolas particulares são avaliados de forma amostral.  


   O índice expressa em valores os resultados mais importantes da educação: aprendizagem e fluxo. Ele agrega ao enfoque pedagógico dos resultados das avaliações, a possibilidade de resultados sintéticos, que permitem traçar  metas de qualidade educacional para os sistemas.   

    Com o Ideb, ampliam-se as possibilidades de mobilização da sociedade em favor da educação, uma vez que o índice é comparável nacionalmente. O indicador do Ideb de zero a dez é calculado com base na taxa de rendimento escolar (aprovação e evasão) e no desempenho dos alunos no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e na Prova Brasil.  

     Quanto maior for a nota da instituição no teste e quanto menos repetências e desistências ela registrar, melhor será a sua classificação, numa escala de zero a dez.    O Ideb também é importante por ser condutor de política pública em prol da qualidade da educação. O indicador é a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade do PDE (Plano de Desenvolvimento da educação) para a educação básica, que estabelece,  como meta, que em 2021 (divulgação em 2022),  o Ideb do Brasil seja 6,0 nos anos iniciais, média correspondente a sistemas educacionais de qualidade comparáveis a dos países desenvolvidos.  Nos anos  finais deve chegar a 5,5 nos e no ensino médio 5,2.   

Matérias Relacionadas

Geral

Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital

Certificação de cópias passa a ser de forma online
Cartórios já podem autenticar documentos por meio digital
Geral

Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência

Os profissionais dos Creas auxiliam as mulheres vítimas de violações de direitos com encaminhamentos e orientações referentes a serviços de Saúde, Educação, Defensoria Pública, Jurídicos e outros que forem necessários
Equipamentos públicos prestam assistência às mulheres vítimas de violência
Geral

Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos

Choveu mais de 124 milímetros na madrugada, causando alagamentos em diversos bairros.
Chuva provoca alagamentos em Guaramirim; Veja fotos
Geral

Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba

Ninguém se feriu
Caminhão pega fogo na SC 108 em Massaranduba
Ver mais de Geral