GERAL

Homicídios e estupros aumentam no Estado de São Paulo

26 Fev 2019 - 16h06Por Gilberto Amendola

No primeiro mês do governo João Doria (PSDB), o número de homicídios e do total de estupros cresceu em relação à janeiro de 2018. Segundo o levantamento divulgado na segunda-feira, 25, pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), foram registradas 284 vítimas de homicídio, um aumento de 2,5% em comparação com janeiro de 2018, quando foram registradas 277 ocorrências.

Já em relação os estupros, o registro é de 1.071 neste mês de janeiro, um aumento de 3,5% em relação ao mesmo mês do ano anterior - que registrou 1.034 casos (sendo que os casos de estupro de vulneráveis representou um aumento de mais de 10%).

Os furtos (exceto o de automóveis) cresceram 5,6% - passando de 42.622 em 2018 para 45.033 em janeiro de 2019. Os casos de lesão corporal também cresceram de 11.334 para 11.800, um aumento de aproximadamente 4%.

O secretário executivo da Segurança Pública, o coronel Álvaro Camilo, afirmou que, apesar do aumento de vítimas de homicídios dolosos em janeiro, a tendência continua de queda. "Essa variação é normal, mas não quer dizer uma tendência de reversão de queda. Claro, nenhuma morte é aceitável. Continuamos trabalhando para diminuir esses números", disse.

Já em relação aos estupros, o general afirma que o aumento se deve ao número de notificações. "O aumento de notificação é uma tendência mundial. Na verdade, ele é um dado positivo. Com a Delegacia da Mulher e a delegacia eletrônica o número de denúncias aumentou. O que existia antes era uma subnotificação desse tipo de crime".

Em relação aos furtos, Camilo também enxerga um aumento de notificações. "Hoje, você tem equipamentos eletrônicos menores e mais caros. Desse total, 24% refere-se ao furto de celulares. Entre outras providências, estamos trabalhando no combate à recepção desses produtos roubados", disse.

Por fim, o secretário atribuiu aos problemas econômicos do País o aumento no caso de lesões corporais. "Problemas na economia acabam refletindo na sociedade. Boa parte desses casos tem relação com o consumo exagerado do álcool. Quando a economia melhorar, esse indicador também será melhor."

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras de pavimentação da Rua Abramo Pradi iniciam dia 1º de março

Inicialmente, será feito obras na drenagem junto ao entroncamento com a Rua Bertha Weege em frente ao Centro de Apoio João e Maria.
Saúde

Todas as regiões de SC estão em nível gravíssimo para covid-19

Dados foram atualizados nesta manhã
Todas as regiões de SC estão em nível gravíssimo para covid-19
Geral

Almoxarifado da Prefeitura de Jaraguá distribui materiais indispensáveis durante pandemia

Almoxarifado da Prefeitura de Jaraguá distribui materiais indispensáveis durante pandemia
Saúde

Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março

Medida terá validade por 15 dias
Jaraguá terá novas medidas contra covid-19 a partir de 1º de março
Ver mais de Geral