Imobiliária Coralli
Geral

Governo estuda plano para incentivar aviação regional

30 Mar 2012 - 12h51

O governo quer lançar neste semestre um plano para estimular a aviação regional nos próximos três anos. Um dos objetivos é elevar, de 130 para 207, os aeroportos locais com voos regulares e reformar unidades hoje sem condições de atender à demanda.


O programa nacional será focado nas pequenas e médias companhias aéreas, com incentivos para diversificação de rotas, e prevê investimentos federais em aeroportos selecionados. Será bancado, sobretudo, por receitas dos leilões de concessão dos grandes aeroportos, como Guarulhos e Viracopos.

A Secretaria de Aviação Civil negocia com Estados e municípios as unidades que integrarão o plano e que receberão apoio federal. Na lista em negociação, há a construção de novas unidades e ampliação e reforma de outras.

Segundo a Folha apurou, aeroportos como os de Petrolina, Londrina e Altamira podem ser contemplados. O ministro da área, Wagner Bittencourt, não confirmou a informação, mas disse estar procurando os governadores para discutir as prioridades de cada região.

FOLHA.COM.BR

Matérias Relacionadas

Economia

Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena vai a R$ 50 milhões

Números sorteados no Concurso 2.302 foram 18, 22, 25, 27, 43, 44
Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena vai a R$ 50 milhões
Geral

Federação de Bancos alerta para aumento de fraudes durante a pandemia

Houve alta de 60% em tentativas de golpes financeiros contra idosos
Federação de Bancos alerta para aumento de fraudes durante a pandemia
Saúde

Covid-19: estudo com 50 mil pessoas aponta segurança da vacina chinesa

CoronaVac está na última etapa de estudos em humanos
Covid-19: estudo com 50 mil pessoas aponta segurança da vacina chinesa
Esportes

Tóquio exigirá testes de covid-19 para atletas, mas não quarentena

Primeiro-ministro do Japão e Thomas Bach iniciaram projeto de regras
Tóquio exigirá testes de covid-19 para atletas, mas não quarentena
Ver mais de Geral