caragua
caragua mobile
Fujama

Fujama segue investigando mortalidade de pássaros

02 Dez 2016 - 09h27
A morte de dezenas de aves teria sido provocada por agrotóxico usado em uma plantação de arroz.

Como não houve flagrante de crime ambiental, somente a constatação da morte dos pássaros, é preciso colher provas e testemunhas para chegar aos responsáveis, segundo disse o diretor presidente da Fujama, Leocádio Neves e Silva. Logo após a denúncia recebida pela Rádio Jaraguá, os fiscais ambientais fizeram a contagem das aves mortas e começaram a investigar o crime. Ainda segundo Leocádio, a pessoa que fez a aplicação do agrotóxico poderá responder a um processo judicial. O responsável está sendo identificado, pois não é o proprietário do terreno onde ocorreram as mortes dos pássaros.

Em entrevista logo após a constatação das mortes, o presidente da Fujama disse que ao longo dos anos fatos deste tipo foram registrados no município, mas nenhum com esta intensidade. “O que foi registrado desta vez é um dos casos mais emblemáticos dos últimos anos”, revela. “Neste caso, foi possível identificar o causador desta mortalidade”, conclui.

Sobre o produto, disse que existe a possibilidade de que tenha sido aplicado de maneira errada ou mesmo tenha seu uso proibido neste tipo de ambiente.
caragua mobile

Matérias Relacionadas

Geral

Confira as previsões do horóscopo para hoje

Saiba o que os astros reservam para você no amor, vida profissional e viagens
Confira as previsões do horóscopo para hoje
Esportes

Jogos Olímpicos França 2024: Celebrar o espírito desportivo e a unidade cultural

Quer sejam americanos, africanos, europeus ou asiáticos, os atletas de todas as partes do mundo participam neste evento.
Jogos Olímpicos França 2024: Celebrar o espírito desportivo e a unidade cultural
Geral

Confira as previsões do horóscopo para hoje

Saiba o que os astros reservam para você no amor, vida profissional e viagens
Confira as previsões do horóscopo para hoje
Geral

Uso de cigarros eletrônicos em escolas é tema de reunião promovida pelo MPSC em Joinville

Dados da última Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar revelam que, em 2019, 16,8% dos estudantes no Brasil com idade entre 13 e 17 anos já haviam experimentado o cigarro eletrônico
Uso de cigarros eletrônicos em escolas é tema de reunião promovida pelo MPSC em Joinville
Ver mais de Geral