Geral

Fujama alerta para aparecimento de serpentes na área urbana da cidade

Dez jararacas foram capturas nos últimos 15 dias

11 Dez 2020 - 12h30Por Janici Demetrio
Fujama alerta para aparecimento de serpentes na área urbana da cidade - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama) chama atenção para o aparecimento de serpentes na área urbana da cidade. Biólogos da instituição capturaram 10 jararacas (Bothrops jararaca) nos últimos 15 dias.  De acordo com o chefe de educação ambiental, Christian Lempek, o aumento da temperatura deixa as serpentes mais ativas e em busca de alimento. “Sendo assim, é importante a manutenção de  quintais limpos e sem lixo, evitando a proliferação de ratos, uma das presas favoritas de jararaca”, explica. A espécie é muito venenosa e uma das responsáveis por muitos acidentes desta natureza no Brasil. A coloração desta serpente a deixa camuflada em meio às folhas secas, dificultando sua visualização e aumentando os registros de picadas provocadas pela espécie.

Os 10 animais foram recolhidos em vários pontos urbanos da cidade como Ilha da Figueira, Barra do Rio Cerro e no Centro. Em uma das ocorrências a cobra foi atacada por cães, que apesar de ferida, foi recolhida viva.

As cobras desempenham um papel importante no meio ambiente, principalmente no controle da população de ratos, que transmitem doenças como a leptospirose. Por isso, Fujama e Corpo de Bombeiros Voluntários devem ser acionados para capturar o animal, que depois é devolvido à natureza em local adequado, longe da área urbana.

O resgate de serpentes e de outros animais silvestres ocorre mediante solicitação no número de telefone da Fujama (3273-8008), de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17 horas, ou por meio de registro na Ouvidoria da Prefeitura (0800-642-0156). Aos fins de semana feriados e no período noturno, as solicitações ficam restritas ao 193, dos Bombeiros Voluntários.

O que fazer em caso de acidentes?

*Em caso de acidentes com cobras, não se recomenda amarrar o local  picado. O torniquete, usado para barrar a circulação sanguínea, pode ocasionar necrose e aumento da possibilidade de amputação;

*Também não se deve cortar o local da picada, nem fazer perfurações ou sucção. A ferida deve ser lavada com água e sabão, apenas, e a vítima levada rapidamente ao hospital. Caso seja possível, é importante identificar por meio de foto o tipo de serpente. Assim, o profissional de saúde saberá sobre o melhor soro antiofídico a ser aplicado no paciente.
 

Matérias Relacionadas

Geral

Presidente do Instituto explica sobre cobrança na Chiesetta Alpina

Local está aberto para visitação de terça a domingo, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h.
Presidente do Instituto explica sobre cobrança na Chiesetta Alpina
Geral

Prefeitura confirma entrada em vigor do novo sistema de transporte em Jaraguá

A primeira alteração é no valor das passagens que sofrerá uma redução no valor da compra antecipada, baixando de R$ 4,60 para R$ 3,94
Prefeitura confirma entrada em vigor do novo sistema de transporte em Jaraguá
Política

Jaraguá é destaque nacional no Índice de Gestão Municipal Aquila

Jaraguá é destaque nacional no Índice de Gestão Municipal Aquila
Geral

Guaramirim entrega mais de 1,7 mil mudas na campanha realizada

Ao todo, foram realizados 129 pedidos
Guaramirim entrega mais de 1,7 mil mudas na campanha realizada
Ver mais de Geral