Imobiliária Coralli
Geral

ESTÁGIO: Porta de entrada ao mercado de trabalho

17 Set 2012 - 17h57

O estágio é uma prática que tem facilitado a inserção dos jovens no mercado de trabalho, além de permitir que as empresas encontrem mais facilmente seus novos talentos.A comprovação está na porcentagem de estagiários efetivados nas empresas catarinenses, que variam de 50% a 80%."Com o estágio, a nossa visão de estudante e, futuro profissional, se torna mais ampla. Assim aumentam as chances de entrar no mercado de trabalho e de ocupar um posicionamento hierárquico mais favorável dentro da empresa, devido à experiência adquirida", afirma Thiago Michelin, estudante encaminhado ao estágio pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL/SC), entidade do Sistema FIESC.

Para Michelin, que estagiou durante 1 ano e meio na empresa Schulz e atualmente faz estágio na Embraco, ambas de Joinville, a prática completa a formação acadêmica. "Durante o estágio, vivenciamos na prática o aprendizado obtido na universidade. Ganhamos conhecimento técnico e gerencial, o que nos dá experiência profissional", diz o estudante. Segundo ele, a troca de estágio nos últimos meses antes da formatura foi motivada pela vontade de encarar novos desafios, além da possibilidade de conhecer outros princípios, conceitos e conhecimentos.

Hoje, os estudantes catarinenses que desejam ingressar no mercado de trabalho por meio do estágio podem aproveitar as 230 oportunidades oferecidas no Estado pelo IEL/SC. As ofertas são para estudantes de cursos de graduação, técnicos e superiores de tecnologia em mais de 30 áreas. Para se candidatar a uma vaga é necessário que os estudantes tenham no mínimo 16 anos de idade e estejam regularmente matriculados em uma instituição de ensino. Os interessados devem fazer o cadastro no site www.ielsc.org.br/estagioresponsavel. Mais informações pelo telefone (48) 3231-4600 ou no IEL mais próximo.

Veja abaixo alguns cursos que oferecem vagas nas regiões:

Blumenau e região: administração, engenharia de produção, pedagogia, educação física, informática, técnico em mecânica, técnico em segurança do trabalho e ensino médio.

Caçador e região: administração e sistemas de informação.

Chapecó e região: administração, recursos humanos e ciências contábeis.

Criciúma e região: design gráfico, educação física (bacharel), técnico em farmácia, técnico em administração e técnico em alimentos.

Concórdia e região: administração, ciências contábeis, eletrotécnica, manutenção e suporte em informática, recursos humanos e ensino médio.

Florianópolis e região: educação física, biblioteconomia, engenharia civil, publicidade e propaganda, fisioterapia, web design, engenharia de telecomunicações, pedagogia e engenharia de produção.

Itajaí e região: informática, pedagogia, administração, ciências contábeis, comércio exterior e ciências econômicas.

Jaraguá do Sul e região: administração, artes, direito, enfermagem, técnico têxtil, técnico em mecânica e ensino médio.

Joaçaba e região: educação física e técnico em eletrotécnica.

Joinville e região: engenharia de produção, direito, técnico e superior em administração, técnico em mecânica e cursos de tecnologia da informação.

Lages e região: administração, farmácia, educação física, magistério e técnico em informática.

Tubarão e região: ciências da computação, sistemas de informação, informática, sistemas para internet e redes de computadores.

Videira e região: educação física e design.

São Miguel do Oeste e região: informática, ciências contábeis, enfermagem e técnico em alimentos.


Maiara Raupp da Silva
Assessoria de Imprensa do Sistema FIESC

Matérias Relacionadas

Jaraguá do Sul

Jaraguá do Sul registra 38ª morte em decorrência do coronavírus

Nas últimas 24 horas foram 23 novos casos e 17 pessoas recuperadas
Jaraguá do Sul registra 38ª morte em decorrência do coronavírus
Corupá

Comunicado de utilidade pública: novo foco de dengue é registrado em Corupá

Este é o 9º foco positivo registrado em 2020 no Município
Geral

Parques são permitidos. Mas cuidados continuam

Prática de atividades físicas e até permanecer no local é permitido agora – com uso de máscara, álcool em gel, distanciamento
Parques são permitidos. Mas cuidados continuam
Educação

Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual

As redes municipal, privada e federal têm autonomia para decidir como conduzir as ações pedagógicas e a retomada, porém, de acordo com o que estabelece o PlanCon e mediante o acompanhamento e a atuação dos comitês municipais
Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual
Ver mais de Geral