Geral

Em guerra com as centrais, CUT tem festa esvaziada

02 Mai 2011 - 11h19

Em meio a guerra com outras centrais sobre o fim da contribuição sindical, a CUT (Central Única dos Trabalhadores) passou o 1º de Maio isolada das demais entidades e fez um evento menor, reunindo não mais do que mil pessoas no Vale do Anhangabaú, em São Paulo.


Até mesmo a presença de políticos ficou aquém da expectativa. Sem a presença da presidente Dilma Rousseff, com pneumonia, e do ex-presidente Lula, o palco da CUT contou com poucos petistas do alto escalão.

A central é a única que defende o acordo feito, ainda no governo Lula, para a extinção do imposto sindical. Pelo acordo, assinado por seis representantes de centrais, o repasse só seria feito enquanto não houvesse um projeto de lei acabando com o imposto sindical.

A proposta é criar uma comissão da negociação coletiva em que o trabalhador escolhe para qual sindicato faria a contribuição. O imposto sindical é compulsório e equivale a um dia de jornada.


Participaram da festa o presidente do PT, Rui Falcão, o secretário-Geral da Presidência, Giberto Carvalho, e o presidente da Câmara, Marco Maia. Também estiveram presentes o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) e Edinho Silva, presidente do PT-SP.

Fonte: Folha SP

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Geral

Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae

Em segundo lugar estão as demandas através do aplicativo de celular (whatsapp) e por último os atendimentos presenciais
Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae
Ver mais de Geral