Improbidade

Denúncia sobre nepotismo virá ação no Ministério Público

04 Fev 2012 - 14h34

Até o começo da noite de sexta-feira, a prefeita Cecília Konell (PSD) ainda não havia sido notificada pelo Ministério Público sobre a abertura de uma ação civil pública por improbidade administrativa. A denúncia partiu do Diretório Central dos Acadêmicos da Católica de Santa Catarina, sugerindo o afastamento dos parentes da prefeita, como o marido e secretário de Administração Ivo Konell e a filha e chefe de gabinete, Fedra Alcântara Konell. O promotor Ricardo Viviani foi quem transformou a representação em ação civil pública. Além da condenação da prefeita por improbidade, pede o afastamento do marido e da filha e multa de até 100 vezes o salário recebido por eles. A prefeita e os demais envolvidos terão 15 dias para apresentar a defesa. Depois disso, a juíza Cândida Inês Brugnoli deve se pronunciar.


O repórter Sérgio Luiz conversou com o promotor Ricardo Viviani, nesta sexta-feira.

[jwplayer mediaid="81781"]

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Ver mais de Geral