Geral

Cinzas de vulcão chileno atingem mais uma vez o RS

27 Jul 2011 - 11h07

As cinzas do vulcão chileno Puyehue, que entrou em erupção em 4 de junho, chegaram mais uma vez ao Rio Grande do Sul nesta quarta-feira. Desta vez, a nuvem alcança o território gaúcho com pouca densidade e atinge somente o sul do Estado, conforme informações da Somar Meteorologia.

A imagem do satélite europeu Meteosat ainda indica a presença de dióxido de enxofre sobre parte da Argentina, Uruguai e na metade sul do Rio Grande do Sul. O tom avermelhado, porém é bem menos intenso que o registrado ontem, quando a nuvem espessa sobre o Uruguai e a Argentina voltou a provocar cancelamentos de voos nos dois países com reflexos no Aeroporto Salgado Filho.

Nesta quarta-feira, segundo o jornal Clarín, até as 7h40min pousos e decolagens continuavam suspensos no Aeroparque Metropolitano Jorge Newbery. O aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires, operava normalmente. Em Porto Alegre, até as 7h50min, não havia registro de cancelamentos ou atrasos em função das cinzas.

O meteorologista da Somar, Celso Oliveira, destaca a dispersão da nuvem nas últimas 18 horas e diz que nem todas as áreas vermelhas indicam, necessariamente, cinzas vulcânicas.

- Em todo o Brasil central é possível verificar áreas rosas e vermelhas, provavelmente pela incidência de queimadas. No Rio Grande do Sul também podemos ter outros fatores influenciando na composição atmosférica - explica.

A tendência, segundo ele, é de melhoria nas condições atmosféricas ao longo do dia.

- A expectativa é que a mudança de direção do vento empurre as cinzas para o oceano, mais tardar até o início da tarde - informa.

Fonte: Clic RBS

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Geral

Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae

Em segundo lugar estão as demandas através do aplicativo de celular (whatsapp) e por último os atendimentos presenciais
Chamadas telefônicas lideram o ranking de contatos para o Samae
Ver mais de Geral