Imobiliária Coralli
Clima

Chuva de granizo destelha casas na microrregião

23 Out 2012 - 17h17



Cerca de 60 casas foram destelhadas por um vendaval, ocorrido no final da tarde desta segunda-feira, no Distrito Marechal Bormann, em Chapecó.  De acordo com informações dos bombeiros foram duas rajadas de vento forte, que ocorreram entre 17h30min e 18h. Foram distribuídos dois mil metros quadrados de lona. De acordo com a Defesa do Cidadão, não há registro de feridos, desabrigados ou desalojados. Cerca de 20 árvores caíram. A Defesa Civil esta realizando nesta terça-feira um levantamento dos prejuízos.


Em Lages a chuva aconteceu durante todo o dia, mas se intensificou por volta das 18h e caiu com força por mais de uma hora. Pontos de alagamento foram registrados em alguns bairros, mas no fim da noite a água já havia baixado. Não houve desalojados ou desabrigados, mas a exemplo de todas as outras vezes em que chove forte em Lages, a prefeitura colocou escolas, ginásios de esporte e até centros comunitários à disposição dos moradores em caso de necessidade.

Em Itajaí a forte chuva não causou grandes prejuízos. De acordo com a Defesa Civil do município, foram 30 chamados durante a tarde e a noite. Uma mulher teve que sair de casa por precaução.

Em Joinville a Defesa Civil está de prontidão para mais ocorrências de chuva forte nesta terça-feira. Segundo o órgão, a previsão é de que a intensidade da chuva seja ainda mais forte do que na noite de ontem, quando houve registro de granizo em alguns bairros por cerca de um minuto. Alguns moradores tiveram de ser ajudados com lonas, mas não houve maiores prejuízos.  

Na microrregião também ocorreram estragos. Em Jaraguá do Sul até o final da manhã a Defesa Civil havia contabilizado 12 residências avariadas pela chuva de granizo, mas esse número já aumentou. Vamos falar com o diretor da Defesa Civil, Ronis Bossi que tem mais informações, Roni boa tarde

[jwplayer mediaid="68834"]

Já em Guaramirim, o bairro Rio Branco teve cinco casas danificadas. A maioria das casas era coberta com telhas de amianto, como informa João Denis Vick, da Defesa Civil.

[jwplayer mediaid="68828"]

Com os estragos, algumas famílias tiveram que deixar as casas.

[jwplayer mediaid="68830"]

João Denis Vick não descarta a possibilidade da prefeitura decretar situação de emergência.

[jwplayer mediaid="68832"]

Em Massaranduba, segundo informações dos Bombeiros Voluntários, cerca de 20 residências foram destelhadas em função do temporal. Em Corupá, de acordo com a Defesa Civil local, apenas uma casa sofreu destelhamento. Foi na Vila Amizade, onde a família teve que procurar abrigo na casa de amigos. 


Em São Bento do Sul o estrago foi maior. De acordo com o diretor da Defesa Civil, Aloisio Moreira, foram cerca de 200 casas danificadas.

[jwplayer mediaid="68836"]

Os dados coletados nas estações de monitoramento do sistema Áccua mostram que o acumulado de chuva não passou dos 90 milímetros, nas cinco regiões pesquisadas. Na estação meteorológica Malwee, localizada na Barra do Rio Cerro, desde as 17h de ontem até as 11h de hoje, o acumulado de água no solo foi de 80 milímetros. Por volta da zero hora, o nível do Rio Cerro chegou a 1,35 metros acima do normal. Às 11h de hoje, estava com 61 centímetros.

Na estação Rio da Luz, localizada próximo a antiga Seara, desde as 17h de ontem até as 11h de hoje, choveu o equivalente a 57 milímetros de água no solo. Por volta das 21h40, o nível do Rio da Luz chegou a 2,20 metros acima do normal e baixou rapidamente. Às 11h de hoje, estava com 97 centímetros acima do nível. O pico maior de chuva ocorreu às 20h30, quando acumulou 14.40 milímetros de água no solo.

Já na estação Jaraguá 84, no mesmo período, acumulou 50 milímetros de água no solo. Por volta das 20h40, o nível do Rio Jaraguá chegou a 1,5 m acima do normal. Às 11h de hoje, estava com 57 centímetros acima do nível.

No Rio Cerro II, entre as 17h de ontem e às 11h de hoje, o acumulado de água no solo foi de 82 milímetros. Por volta das 23h, o nível do Rio Cerro chegou a 80 centímetros acima do normal. Às 11h de hoje, estava com 26 centímetros.

E na estação meteorológica Garibaldi, acumulou 52 milímetros de água no solo. Por volta das 23h, o nível do Rio Cerro chegou a 1,0 acima do normal. Às 11h de hoje, estava com 42 centímetros acima do nível.

(JOTHA SANTOS / DIAS GOMES / ROGÉRIO TALLINI)

Matérias Relacionadas

Geral

Corpo de Padre Osnildo é sepultado no Seminário de Corupá

Toda a cerimônia foi restrita e não foi aberta para o público, seguindo as recomendações das autoridades de vigilância sanitária.
Corpo de Padre Osnildo é sepultado no Seminário de Corupá
Geral

Defesa Civil confirma a passagem de tornados em Santa Catarina

Os municípios mais afetados durante a tarde foram Vargem Bonita, Catanduvas, Água Doce, Tangará e Ibicaré, onde rajadas de vento provocaram destelhamento e destruição de edificações.
Defesa Civil confirma a passagem de tornados em Santa Catarina
Geral

Google transforma smartphones Android em sensores de terremotos

Recurso está sendo lançado inicialmente na Califórnia
Google transforma smartphones Android em sensores de terremotos
Economia

Ancine libera R$ 8,5 milhões para ajudar exibidoras de cinema

Recursos de fundo audiovisual vão socorrer 172 empresas
Ancine libera R$ 8,5 milhões para ajudar exibidoras de cinema
Ver mais de Geral