Geral

CÂNCER DE PELE: Novo tratamento está sob consulta pública

05 Set 2012 - 16h26

O governo federal pretende incluir na rede de atendimento oncológico do Sistema Único de Saúde (SUS) a chamada quimioterapia adjuvante, terapia que consiste no uso do Interferona, um medicamento imunomodulador, aplicado por injeção, que ajuda o organismo a reagir contra o melanoma cutâneo, tipo raro de câncer de pele. Para assegurar a adoção deste novo tratamento quimioterápico, o Ministério prevê a aplicação de cerca de R$ 30 milhões por ano.


A novidade está em consulta pública, em um documento que traz, pela primeira vez, diretrizes gerais de diagnóstico e tratamento do melanoma cutâneo. Podem contribuir especialistas, profissionais de saúde, universitários, associações e entidades que tenham interesse no assunto, além da população em geral. Para receber as propostas complementares, o texto ficará em consulta até os  próximos dias. Apesar de haver baixa incidência, o melanoma cutâneo - tipo raro de câncer de pele - pode agravar o quadro clínico de pacientes, levando ao alastramento da doença (metástase) e ao óbito.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Moradores de Guaramirim ficarão sem fornecimento de água na terça-feira

Os trabalhos consistem no desligamento do transformador da ETA para fazer a troca da fiação de saída do transformador que alimenta toda a estação
Moradores de Guaramirim ficarão sem fornecimento de água na terça-feira
Geral

Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março

Desde o início da pandemia, o número de benefícios mensais concedidos se mantém acima da média de três mil. Em 2021, o valor investido é de quase R$ 1,4 milhão
Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março
Geral

Estabelecimentos turísticos podem usar cadastros gratuitos para divulgação

Cadastur e Viaje+SC dão visibilidade aos estabelecimentos em todo o País e fora dele
Estabelecimentos turísticos podem usar cadastros gratuitos para divulgação
Geral

Companhia aérea é condenada a indenizar casal de Jaraguá por dano moral

Casal pagou por poltronas mais confortáveis, em viagem para os EUA, mas não conseguiu usar
Companhia aérea é condenada a indenizar casal de Jaraguá por dano moral
Ver mais de Geral