GERAL

Aluno relata agressão por policiais durante recepção a calouros da PUC

20 Fev 2019 - 15h27

Um aluno relatou à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) ter sido agredido por policiais militares durante uma ação na rua Ministro Godoi, em Perdizes, na noite desta segunda-feira, 18. A agressão aconteceu nas imediações da universidade, localidade conhecida pelos bares e festas promovidas pelos estudantes. A Secretaria da Segurança Pública orientou que a denúncia seja feita à Corregedoria da Polícia Militar.

De acordo com a PUC, a recepção aos novos alunos foi realizada normalmente na segunda, no interior do câmpus Monte Alegre, sem o registro de incidentes. "No final da tarde desta terça, recebemos o relato de um aluno informando que foi agredido por policias militares quando estava do lado de fora da Instituição, na Rua Ministro Godoi, após às 23 horas."

A instituição disse ter orientado o aluno a registrar um boletim de ocorrência e lamentou o ocorrido, reiterando que "repudia toda e qualquer forma de violência contra membros de sua comunidade universitária e da sociedade". À Folha de S.Paulo, um estudante relatou as agressões. "Foi na terceira volta que fui espancado (Ele disse que os policiais deram três voltas para dispersar o grupo). Fui ajudar um amigo meu que começou a apanhar do nada e acabei espancado junto. Esse meu amigo perdeu os óculos e o celular no tumulto", disse o estudante, acrescentando que a tropa chegou ao local "jogando spray de pimenta em todo mundo".

A Polícia Militar disse que a operação realizada na segunda contou com a "parceria da reitoria da PUC, da Guarda Civil Metropolitana, da Subprefeitura da Lapa, Psiu e demais órgãos municipais". O objetivo seria a "prevenção de distúrbios civis para desobstruir vias e impedir atos de vandalismo". "Em relação às denúncias, esclarece que essas podem ser feitas diretamente na Corregedoria da Instituição ou na sede do 4º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano."

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

"Sou mãe, sou voluntária": Venir atua há 7 anos nos bombeiros de Jaraguá

"Tem algumas ocorrências que mexem bastante com nosso emocional e às vezes precisamos de um colo de família", conta a bombeira.
"Sou mãe, sou voluntária": Venir atua há 7 anos nos bombeiros de Jaraguá
Geral

"Ensine seu filho que a polícia não prende criança": Sheila ingressou na PM em 2013

Na reportagem especial do Dia das Mães, as "Mulheres da Segurança" falam das alegrias e desafios da maternidade
"Ensine seu filho que a polícia não prende criança": Sheila ingressou na PM em 2013
Geral

Tragédia: pai, mãe e dois filhos morrem carbonizados em SC

A tragédia ocorreu por volta das 6h30, em uma casa de madeira
Tragédia: pai, mãe e dois filhos morrem carbonizados em SC
Geral

Idoso morre eletrocutado no Norte de SC

A suspeita é de que o idoso tenha colocado a mão na cerca elétrica.
Idoso morre eletrocutado no Norte de SC
Ver mais de Geral