Geral

Acijs celebra 78 anos de protagonismo regional

22 Jun 2016 - 12h30
Acijs celebra 78 anos de protagonismo regional -

Para marcar a data, a entidade promoveu na segunda-feira, 20, painel com a participação de três ex-presidentes que traçaram um paralelo nos períodos de gestão em que estiveram à frente da diretoria e a relação cos os tempos atuais. Em torno do tema "Diferentes crises, diferentes reações", Vicente Donini, Gilmar Antônio Moretti e Paulo César Chiodini abordaram aspectos que marcaram a economia e os reflexos que a conjuntura nacional trouxe à Jaraguá do Sul e Santa Catarina.

Na avaliação dos participantes, passadas sete décadas desde o seu surgimento em 1938, fica evidenciado o papel de liderança da Acijs no plano regional, protagonismo que está representado na ativa participação da entidade em questões ligadas ao desenvolvimento econômico e social do Vale do Itapocu.


"A Acijs chega a um registro de tempo tão expressivo muito fortalecida pelo seu histórico de atuação, em que está de maneira presente às grandes discussões e trazendo aos associados informações que dão oportunidade de posicionarem às suas necessidades como empreendedores e aos seus negócios. O desafio é sermos como entidade cada vez mais efetivos num momento em que passamos por mais um período de dificuldades na economia. Há uma crise que do ponto de vista não é causa, mas sim efeito, porque a sua raiz é de natureza política e moral sem precedentes na história do Brasil. A Acijs tem um papel muito importante, seja como integrante da sociedade organizada ou como representante de cidadãos, no sentido de estimular outros a também contribuírem positivamente na sociedade. E isto passa também por assumirmos cada um o papel que nos cabe e também por uma reorganização e reavaliação nos critérios de escolha de nossas representações políticas", comenta o presidente Giuliano Donini.

Neste sentido, observa, a Acijs vai buscar manter seu papel como protagonista de forma ainda mais incisiva. Ressalta a atuação não apenas como porta voz dos anseios do setor produtivo quanto à estrutura que proporcionem um ambiente favorável aos negócios, nas questões que regulam o mercado, mas também no que diz respeito ao desenvolvimento da comunidade.

 "Partimos da reflexão de que uma economia fortalecida, com empresas bem posicionadas, somente será possível se a nossa cidade e região registrarem indicadores de excelência em áreas primordiais para uma melhor qualidade de vida da população, seja na educação, na saúde ou com melhor mobilidade e infraestrutura de maneira geral", afirma Donini.

Este posicionamento, explica o empresário, será expresso através de ações que a entidade apresentará com vistas ao próximo pleito eleitoral. "A Acijs continuará, como faz parte da sua história, participando das discussões por mais representatividade e por melhores resultados de gestão do setor público em todas as suas esferas".


O posicionamento de representatividade que acompanha a trajetória da entidade também foi ressaltado pelos ex-presidentes. "Hoje temos uma resposta muito mais rápida em comparação às dificuldades da época em que estivemos na presidência, mas a Acijs se mantém no papel de acolher questões relevantes não só do meio empresarial como de toda a comunidade. Nós crescemos e aprendemos fazendo, num aprendizado que se dá em cada gestão, assegurando a sustentabilidade da entidade", afirma Vicente Donini, presidente de 1992 a 1994.

"A Acijs em todos os anos de sua história sempre esteve à frente de grandes questões e continua exercendo o papel de protagonista. Este trabalho é que faz a grande diferença nas entidades empresariais e na Acijs isto sempre foi cumprido com muita qualidade, é um DNA da classe empresarial da nossa cidade. É uma força que mostra a atitude da comunidade e que dá equilíbrio nas reivindicações", reitera Gilmar Moretti, presidente de 1990 a 1992.

Paulo Chiodini, que presidiu a entidade mais recentemente, no período de 2006 a 2008, ressalta o papel da entidade como fomentadora do empreendedorismo, que garante diferenciais de desenvolvimento à região, e até mesmo na conscientização de seus associados e da comunidade para as questões políticas. "A Acijs vem tendo um crescimento muito acentuado, hoje temos um quadro de 1.600 associados e isto garante muita força representativa ao setor produtivo. Isto sem dúvida demonstra o papel da entidade na geração de emprego e renda, no repasse de arrecadações para que a economia seja sempre ativa".

Matérias Relacionadas

Schützenfest

31ª Schützenfest chega à reta final com expectativa de superar público de outros anos

Tivemos ao longo dos últimos dias e no primeiro fim de semana um público que vem superando, a cada dia, as edições passadas, apontou o diretor cultural da CCO, Sidnei Lopes
31ª Schützenfest chega à reta final com expectativa de superar público de outros anos
Jaraguá do Sul

Morador de Jaraguá que estava desaparecido é encontrado no Paraná

Conforme informações da família, Adalton está bastante debilitado e se encontra em uma clínica se recuperando
Morador de Jaraguá que estava desaparecido é encontrado no Paraná
Geral

Vale dos Encantos Convention Visitors Bureau elege nova diretoria

Vale dos Encantos Convention Visitors Bureau elege nova diretoria
Jaraguá do Sul

Morador de Jaraguá que está desaparecido pode ter ido para Curitiba ou São Paulo

Adalton José Warmling, 48 anos, tem aproximadamente 1.85 de altura, é magro e tem histórico de depressão.
Morador de Jaraguá que está desaparecido pode ter ido para Curitiba ou São Paulo
Ver mais de Geral