segunda, 15 de julho de 2019 - 22h04
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Geral

Abatedouro municipal deve receber novo projeto nos próximos dias

22 Fev 2013 - 23h21

Nove anos após a inaguração, o polêmico abatedouro de Jaraguá do Sul, construído no bairro Garibaldi em 2004, e que nunca foi utilizado, deve finalmente entrar em funcionamento. Na época, em 2004, o investimento foi de R$ 320 mil e incluía uma unidade de processamento de alimentos que também só ficou nos planos. Os governos que se sucederam, por diversas vezes demonstraram o interesse em fazer aquela unidade funcionar, mas tudo ficou no campo das intenções. Chegou-se até cogitar a possibilidade de fazer um abate de bovinos no local. Mas a capacidade instalada acabaria com todo o plantel da região em um ano. Abater frangos caipiras foi outra sugestão que ficou pelo caminho.


O tempo passou, roubaram toda a fiação elétrica, e o abatedeuro continuou abandonado. Por causa disso, o Ministério da Agricultura, em 2012, exigiu a devolução do dinheiro, que corrigido, chegou a R$ 883 mil. Se não devolvesse o dinheiro, o município perderia o direito de receber verbas federais.

A devolução ocorreu no ano passado, após decreto assinado pelo prefeito em exercício na época, Irineu Passold. Por ironia do destino, foi no governo dele (Irineu) que o abatedouro foi construído, cujo secretário da Industria, Comércio e Agricultura era o atual prefeito Dieter Janssen, que agora vai por aquela estrutura em funcionamento.

O projeto está pronto e a atividade a ser desenvolvida vai beneficiar diretamente os produtores rurais, principalmente, aqueles ligados a agricultura familiar.

ROGÉRIO TALLINI