Geral

Caminhada contra a Violência à mulher reúne mais de 500 pessoas em Jaraguá

01 Dez 2019 - 18h00Por Janici Demetrio
Caminhada contra a Violência à mulher reúne mais de 500 pessoas em Jaraguá -

Mais de 500 pessoas participaram da caminhada, na manhã do último sábado (30), na Praça Ângelo Piazera, em Alusão ao dia ao Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher, celebrado na semana passada.  

Conforme a secretária de Assistência Social, Maria Santin Camelo, a ação lembrou das mais de 50 vítimas de feminicídio, homicídio contra a mulher devido à violência doméstica ou discriminação de gênero de Santa Catarina, registrados neste ano no estado. 

Em Jaraguá do Sul, o Creas Nova Brasília, que é a porta de entrada para os casos desta natureza, atendeu, de janeiro até 21 de novembro, 41 mulheres vítimas de violência (física, psicológica, sexual). Estes casos são de mulheres que procuraram voluntariamente o serviço. “Outros chegam até o Creas por meio do Conselho Tutelar, Ministério Público ou do poder judiciário”, explica a supervisora do Creas Nova Brasília, Vanessa Bier Mathias. Em nível nacional, a cada 90 minutos uma mulher sofre violência. 

 

Matérias Relacionadas

Esportes

Rayssa Leal dispensa festa na chegada ao Brasil

Skatista de 13 anos fez história conquistando prata na Olimpíada
Esportes

Provas olímpicas de atletismo iniciam no fim de semana

As provas da modalidade iniciam no dia 30 e, no dia 31, às 21h30, horário de Brasília, é a vez da representante de Jaraguá do Sul, Simone Ponte Ferraz, na semifinal dos 3.000 metros com obstáculos
Provas olímpicas de atletismo iniciam no fim de semana
Esportes

Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020

Atleta é a mais jovem na história a conquistar uma medalha para o país
Rayssa Leal, a Fadinha, fatura prata no skate street em Tóquio 2020
Esportes

Atleta de Jaraguá manda notícias das Olimpíadas de Tóquio

Atleta de Jaraguá manda notícias das Olimpíadas de Tóquio
Ver mais de Geral