F-1

A matemática de Interlagos: as contas de Rosberg para ser campeão no GP do Brasil

10 Nov 2016 - 14h30
Uma vitória e a consagração no GP do Brasil. É o que Nico Rosberg precisa para se sagrar campeão mundial de Fórmula 1 em Interlagos, feito inédito em sua carreira.

Ir bem e torcer contra o companheiro. É o que Lewis Hamilton precisa para evitar o título do companheiro de Mercedes e deixar a decisão para o GP de Abu Dhabi, dia 27 de novembro.

A matemática é extremamente favorável para Rosberg, que lidera o Mundial de Pilotos com 349 pontos, 19 de vantagem para o inglês. Para levar a taça, o alemão “joga” por pelo menos seis resultados, desde que acaba à frente do “amigo”. Para Hamilton, as contas para adiar a festa do companheiro são mais complicadas.

 

 

 

 

Matérias Relacionadas

Geral

Senado aprova projeto de combate a notícias falsas

O texto segue para a Câmara dos Deputados.
Esportes

Atleta promove ultramaratona solidária no domingo em Jaraguá

Mauro Freitas é ultramaratonista, já participou de diversas competições em várias cidades do país.
Atleta promove ultramaratona solidária no domingo em Jaraguá
Geral

Em um ano, Hospital Santo Antônio de Guaramirim alcança mais de R$ 1 milhão de economia real

Conforme o diretor do HSA, Valmor Busnello, desde que o Instituto Santé assumiu a gestão da entidade, foram investidos mais de R$ 135 mil em instrumentais cirúrgicos e equipamentos.
Em um ano, Hospital Santo Antônio de Guaramirim alcança mais de R$ 1 milhão de economia real
Geral

Regina Duarte deixa cargo na secretaria especial de Cultura

A saída dela foi informada pelo presidente Jair Bolsonaro, em publicação nas redes sociais.
Regina Duarte deixa cargo na secretaria especial de Cultura
Ver mais de Geral