GNet
Futsal

Com novas regras, liga de futsal nos EUA deve ter Barcelona, Boca Juniors e Corinthians

24 Fev 2016 - 15h58
A principal novidade da Professional Futsal League (PFL) é a presença de grandes times do futebol mundial, como o Barcelona, que terá uma equipe em Nova York.

Além do time espanhol, que, além de ser atual campeão europeu e mundial de futebol, tem um dos melhores times de futsal do mundo, outros gigantes europeus também devem times na liga norte-americana, como o Benfica e o Atlético de Madri.

Assim como na NBA, na MLB, na NFLe na MLS, a PFL funcionará por meio de franquias, e não serão apenas os times europeus que irão entrar na competição. O Boca Juniors, com um time em Miami, e o Corinthians, em Orlando, também são esperados entre os 16 clubes iniciais do torneio.

As negociações dos mandatários da liga com o alvinegro paulista começaram em setembro de 2015, mas ainda não é confirmado que o Corinthians estará representado em território norte-americano a partir de 2017, quando haverá um torneio de exibição nas cidades que terão times quando começar a primeira divisão, em 2018.

"Estamos animados para fazer desta liga a melhor do mundo, e ansiosos para receber muitos grandes jogadores e treinadores do Brasil em 2018", disse Rob Andrews, presidente de Relações Internacionais da liga.

Principal jogador brasileiro de futsal, Falcão deve disputar e ser um dos embaixadores do campeonato norte-americano, conforme antecipou o ESPN.com.br em julho de 2015.

Novas regras

Se os Estados Unidos conhecerão o futsal a partir do próximo ano, o futsal mudará com sua chegada nos Estados Unidos, tanto na organização fora das quadras como também no seu jogo. Cada partida da PFL terá quatro tempos de 12 minutos, assim como na NBA, com uma parada em cada tempo para a propaganda televisiva.

O empate, assim como no basquete e no beisebol, não será permitido. No caso de igualdade, serão disputadas prorrogações, com três jogadores na quadra de cada lado. Persistindo o empate, haverá o ‘shootout', lance em que um jogador corre sozinho a partir do meio-campo e finaliza, se marcação, apenas com o goleiro em sua frente. Lance semelhante ocorre no hóquei.

Caso as equipes optem por usar o goleiro-linha, não será permitido que esta equipe retorne ao setor defensivo, proibição semelhante à da NBA.

"O futsal é o esporte mais emocionante que eu já presenciei. A velocidade e habilidade é incomparável. Eu acredito que a base de fãs norte-americana vai abraçá-lo porque combina realmente o melhor do futebol, basquetebol e hóquei em um esporte. Estamos muito animados para mostrar isso na PFL", afirmou o co-proprietário da liga, Brian Dick.

 
GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

Jaraguá Futsal perde do Corinthians e se despede da LNF

Partida ocorreu na segunda-feira (11) em São Paulo
Jaraguá Futsal perde do Corinthians e se despede da LNF
Esportes

Jaraguá Futsal vence o Blumenau na Arena

O resultado deixa o time jaraguaense isolado na liderança da Chave C, com três pontos
Jaraguá Futsal vence o Blumenau na Arena
Esportes

Jaraguá Futsal perde para o Ceará e vê título da Copa do Brasil escapar

O time jaraguaense empatou no tempo normal em 1 a 1, mas foi derrotado por 3 a 0 na prorrogação, na Arena Jaraguá
Jaraguá Futsal perde para o Ceará e vê título da Copa do Brasil escapar
Esportes

Decreto autoriza acesso de público a competições esportivas em Santa Catarina

A liberação está atrelada ao cumprimento dos protocolos e regramentos sanitários específicos da Secretaria de Estado da Saúde (SES)
Decreto autoriza acesso de público a competições esportivas em Santa Catarina
Ver mais de Futsal