terça, 23 de julho de 2019 - 04h33
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
ESPORTE

Vôlei de praia brasileiro já garante 4 duplas nas oitavas na etapa de Itapema

16 Mai 2019 - 22h18

No primeiro dia de disputa das chaves da etapa de Itapema (SC) do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, um evento quatro estrelas, o Brasil garantiu a classificação de quatro duplas às oitavas de final: Ana Patrícia/Rebecca, Ágatha/Duda e Carol/Maria Elisa, no torneio feminino, e Bruno Schmidt/Evandro, no evento masculino.

Campeãs em Itapema em 2018, Ágatha e Duda avançaram em primeiro lugar no Grupo A com vitórias sobre as argentinas Gallay e Pereyra, por 21/17 e 21/14, e as alemãs Bieneck e Schneider, por 18/21, 21/16 e 16/14

Ana Patrícia e Rebecca, as líderes da corrida olímpica brasileira, avançaram no Grupo C ao passar pelas holandesas Laura Bloem e Jolien Sinnema, por 21/18 e 21/13, e pelas suíças Nina Betschart e Tanja Huberli, por 21/18, 24/26 e 15/11. Assim, chegaram aos 16 jogos de invencibilidade no Circuito Mundial.

No Grupo F, Carol Solberg e Maria Elisa superaram as norte-americanas Brittany Hochevar e Carly Wopat por 21/10 e 21/9, depois aplicando 21/15 e 21/17 em Larsen e Stockman, também dos Estados Unidos.

Talita e Taiana vão precisar disputar a repescagem. Nesta quinta, elas superaram as espanholas Elsa Baquerizo e Liliana Fernandez, por 14/21, 21/18 e 15/8, e perderam para as canadenses Heather Bansley e Brandie Wilkerson por 21/19, 24/26 e 15/8.

Já Fernanda e Bárbara caíram para as eslovacas Dubovcova e Strbova por 21/16 e 21/18, enquanto Juliana e Josi foram batidas pelas canadenses Sarah Pavan e Melissa por 21/17 e 21/6. E Tainá e Victoria perderam para as norte-americanas Alix Klineman e April Ross por 21/19 e 21/13. Essas duplas precisam vencer na rodada final da chave para se garantirem na repescagem.

CHAVE MASCULINA - No evento masculino, as duplas brasileiras somaram quatro vitórias em nove jogos disputados nesta quinta-feira. O melhor desempenho foi de Evandro e Bruno Schmidt, no Grupo F, com triunfos sobre os canadenses Saxton e O'Gorman por 21/19 e 21/12 e os mexicanos Juan Virgen e Rodolfo Ontiveros por 21/15 e 21/9, assegurando passagem às oitavas de final em Itapema.

Com uma vitória em dois jogos Alison/Álvaro Filho e Guto/Saymon foram à repescagem. Alison e Álvaro bateram os norte-americanos Slick/Allen por 12/21, 21/15 e 15/12, mas perderam para os holandeses Brouwer e Meeuwsen por 21/17 e 21/16. Já Guto e Saymon venceram os checos Perusic e Schweiner por 21/18, 17/21 e 15/8, sendo superados depois pelos poloneses Bryl e Fijalek por 21/13 e 22/20.

As demais duplas brasileiras perderam logo na estreia, agora precisando de um triunfo para irem à repescagem. André e George sofreram revés para os austríacos Rob Seidl e Waller por 30/28 e 21/18, Thiago e Oscar foram batidos pelos poloneses Losiak e Kantor por 21/8 e 21/17, e Pedro Solberg e Vítor Felipe caíram para os suíços Beeler e Krattiger 21/17 e 21/15.