domingo, 26 de maio de 2019 - 22h03
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
ESPORTE

Juventus anuncia que Massimiliano Allegri deixará equipe ao final desta temporada

17 Mai 2019 - 10h33

A eliminação nas quartas de final da Liga dos Campeões, com uma derrota de virada em casa para o Ajax, parece não ter sido bem digerida na Juventus. Os dirigentes do clube italiano anunciaram nesta sexta-feira, em um comunicado oficial, que o técnico Massimiliano Allegri não comandará mais a equipe a partir da próxima temporada e encerrará o seu trabalho de cinco anos em Turim após os dois últimos jogos pelo Campeonato Italiano.

A diretoria da Juventus, comandada pelo presidente Andrea Agnelli, não deu explicações para a saída do treinador, mas anunciou também uma entrevista coletiva neste sábado, em Turim, com as presenças do mandatário do clube e do próprio Allegri para falar sobre o assunto. Neste domingo, o time enfrentará a Atalanta, no Juventus Stadium, pela 37.ª e penúltima rodada do Campeonato Italiano. Sua despedida será contra a Sampdoria, em Gênova.

A posição de Allegri ficou fragilizada nesta temporada com a eliminação da Liga dos Campeões e com a queda nas quartas de final da Copa da Itália para a Atalanta, o que impediu pelo quinto ano seguido a conquista da dobradinha no país, já que o título do Campeonato Italiano, o inédito octa (oito vezes consecutivas), foi ganho com tranquilidade. Isso tudo depois da contratação do craque português Cristiano Ronaldo junto ao Real Madrid por 112 milhões de euros (R$ ??? milhões).

Allegri, de 51 anos, comandava a Juventus desde a temporada 2014/2015, tendo conquistado cinco Campeonatos Italianos, quatro Copas da Itália e três Supercopas da Itália. Na Liga dos Campeões, bateu na trave em duas oportunidades: perdeu nas finais de 2015, para o Barcelona, e de 2017, para o Real Madrid.

Antes mesmo do anúncio da saída de Allegri, já era especulado alguns nomes para substituí-lo. O mais citado é o do italiano Antonio Conte, que comandou a Juventus justamente antes do atual treinador. O espanhol Pep Guardiola, do Manchester City é outro cotado. Maurizio Sarri, que comanda o Chelsea, e Simone Inzaghi, que na última quarta-feira conquistou a Copa da Itália pela Lazio, também estão na lista de candidatos.