ESPORTE

Em Doha, tenista checa fica doente e é substituída por irmã gêmea; Halep avança

13 Fev 2019 - 20h00

O Torneio de Doha, no Catar, disputado em quadras rápidas, teve nesta quarta-feira uma rodada cheia pelas oitavas de final e uma situação inusitada no circuito profissional da WTA. Número 5 do mundo, a checa Karolina Pliskova precisou desistir da competição por conta de uma doença viral. Pelo regulamento, uma "lucky-loser", jogadora que perdeu na última rodada do qualifying, herda a vaga e ela foi para a sua irmã gêmea Kristyna, que ocupa a 90.ª colocação do ranking.

Cabeça de chave número 2, Karolina Pliskova faria a sua estreia nesta quarta-feira, já pelas oitavas de final. Quem entrou em quadra foi sua irmã, que não teve sorte e foi eliminada pela belga Elise Mertens, número 21 do mundo, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 7/6 (7/3). Sua próxima rival será a holandesa Kiki Bertens, oitava do ranking, que ganhou de virada da espanhola Carla Suárez Navarro por 2 a 1 (2/6, 6/1 e 6/1).

Sobre a desistência, Karolina Pliskova revelou que o desgaste acumulado depois de ter disputado o confronto entre República Checa e Romênia, pela Fed Cup, no último final de semana, foi grande. "Tive febre há alguns dias. Não tenho nenhuma dor no pescoço ou algo assim, mas eu me sinto super cansada e meus músculos estão doendo pela manhã sem que eu fizesse nada. Então, eu não sou capaz de competir 100% hoje (quarta-feira)", disse.

Quem entrou em quadra em sua estreia e venceu foi a romena Simona Halep. Ex-número 1 do mundo, a atual terceira colocada bateu a ucraniana Lesia Tsurenko por 2 sets a 0 (6/2 e 6/3), avançou às quartas de final e, de quebra, já está de volta ao segundo lugar do ranking - ultrapassará a checa Petra Kvitova, que não está jogando nesta semana. A liderança permanecerá com a japonesa Naomi Osaka.

Simona Halep terá pela frente nas quartas de final a alemã Julia Görges, número 16 do mundo, que venceu nesta quarta-feira a norte-americana Alison Riske por 2 sets a 1 - com as parciais de 6/1, 6/7 (5/7) e 6/4.

OUTROS JOGOS - Sexta do ranking, a alemã Angelique Kerber teve trabalho apenas no segundo set para vencer em sua estreia a estoniana Anett Kontaveit, 20.ª colocada, por 2 a 0 - parciais de 6/1 e 7/6 (7/3). A sua próxima adversária será a checa Barbora Strycova, número 49 da WTA, que venceu a russa Anna Blinkova por 6/0, 3/6 e 6/0.

Outra favorita a avançar foi Elina Svitolina. Cabeça 4 em Doha e número 7 do mundo, a ucraniana bateu a letã Jelena Ostapenko por duplo 6/4. Nesta quinta-feira, terá pela frente a checa vinda do quali Karolina Muchova, 132.ª do ranking, que fez 6/2 e 6/4 contra a taiwanesa Su-Wei Hsieh.