quinta, 18 de abril de 2019 - 09h21
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
ESPORTE

Clippers batem Warriors em virada histórica e empatam série dos playoffs no Oeste

16 Abr 2019 - 10h10

O Los Angeles Clippers conseguiu uma virada histórica na rodada de segunda-feira dos playoffs da NBA. E justo contra o atual bicampeão da liga. Mesmo fora de casa, na Oracle Arena, em Oakland, a franquia do sul da Califórnia bateu o Golden State Warriors por 135 a 131 depois de se recuperar de forma fantástica a partir do terceiro quarto e tirar uma diferença de 31 pontos. Assim, empatou por 1 a 1 a série melhor de sete da primeira rodada da pós-temporada na Conferência Oeste.

A vitória heroica em Oakland - chegou a estar perdendo por 94 a 63 na metade do terceiro período - representa a maior virada da história dos playoffs da NBA, que antes era de 29 pontos, feita pelo Los Angeles Lakers contra o Seattle SuperSonics nas semifinais do Oeste em 1989. A virada veio a 15 segundos do fim da partida com uma bola de 3 pontos de Landry Shamet.

A equipe comandada pelo técnico Doc Rivers tem agora dois jogos em seus domínios, no ginásio Staples Center, em Los Angeles, para tentar abrir vantagem contra um dos grandes favoritos ao título e se aproximar das semifinais da conferência. O terceiro duelo será nesta quinta-feira, a partir das 23h30 (de Brasília).

O grande nome da histórica vitória dos Clippers foi Lou Williams. Mais uma vez, o armador marcou 36 pontos e deu 11 assistências. Montrezl Harrell, com 25 pontos e 10 rebotes, e Danilo Gallinari, autor de 24 pontos, também brilharam.

Com 29 pontos, o armador Stephen Curry foi o cestinha dos Warriors, à frente de Kevin Durant (21) e Kevon Looney (19). Klay Thompson marcou 17 pontos e Draymond Green fez 14, ficando a uma assistência de um "double-double" (dois dígitos em dois fundamentos). O pivô DeMarcus Cousins sofreu lesão no quadríceps logo no início do jogo e preocupa para a sequência do confronto.

NO LESTE - Quem também empatou por 1 a 1 a sua série nos playoffs, mas na Conferência Leste, foi o Philadelphia 76ers. Surpreendido no último sábado, mesmo jogando em casa, o time da Filadélfia deu o troco no Brooklyn Nets e venceu por 145 a 123. O triunfo veio em grande parte por conta do desempenho dos mandantes no terceiro período, quando anotaram 51 pontos - maior marca de um quarto na pós-temporada desde 1962, obtida pelos Lakers.

Os principais destaques do jogo pelo lado dos 76ers foram seus dois principais jogadores: Joel Embiid, que obteve 23 pontos e 10 rebotes, e Ben Simmons, com um "triple-double" (dois dígitos em três fundamentos) de 18 pontos, 10 rebotes e 12 assistências. Os alas Tobias Harris (19 pontos), J.J Redick (17) e Mike Scott (15), além do pivô Boban Marjanovic (16 pontos e oito rebotes), também tiveram bons desempenhos em quadra.

No lado dos Nets, os destaques foram os armadores DAngelo Russell (16 pontos), Spencer Dinwiddie (19) e Caris LeVert (13). Os dois próximos confrontos agora serão em Nova York, sendo que o primeiro deles será nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), no ginásio Barclays Center.