Joaçaba Pneus
ESPORTE

Atlético-MG perde do Nacional, segue sem ponto e se complica na Libertadores

13 Mar 2019 - 00h34

O Atlético-MG perdeu para o Nacional-URU por 1 a 0, nesta terça-feira à noite, em Montevidéu, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo E da Copa Libertadores. O resultado foi muito ruim para o time mineiro, que soma duas derrotas na competição, enquanto o rival uruguaio alcançou a segunda vitória. Jogam nesta quarta-feira Cerro Porteño e Zamora. O time paraguaio tem três pontos e o venezuelano ainda não pontuou.

O primeiro tempo foi intensamente disputado nesta noite, com muita disposição das equipes na marcação, mas sofrível na criatividade e formação de jogadas. O técnico Levir Culpi escalou três volantes (José Welison, Jair e Elias) e demonstrou mais preocupação em se defender do que atacar. Luan e Cazares se desdobraram para fechar os espaços no meio de campo e ainda ajudar Ricardo Oliveira no ataque. Não conseguiram.

O goleiro Conde só foi tocar na bola aos 25 minutos de jogo, após chute despretensioso de Cazares. José Welison, o melhor em campo, arriscou da intermediária e acertou a trave esquerdo da meta uruguaia.

Do lado do Nacional, que nada lembra times lendários das décadas de 70 e 80, a opção no ataque só vinha por intermédio de bolas paradas. Aos 31 minutos, Carballo errou na finalização, após falha geral da zaga atleticana.

Se o Atlético não teve inspiração no primeiro tempo, no segundo o time se apresentou acovardado. Até Ricardo Oliveira passou boa parte do tempo no campo de defesa. O Nacional percebeu a oportunidade e passou a concentrar suas jogadas pelas laterais, o que acabou com a condição física de Elias e Juan.

O castigo veio aos 26 minutos. Em jogada pela esquerda, em cima de Juan, Viña cruzou para cabeçada perfeita de Bergessio, que subiu bem mais que Igor Rabello e abriu o placar.

Com a desvantagem no placar, Levir fez duas alterações. Colocou Chará e Guga nos lugares de Jair e Patric, respectivamente. Elias, que estava isolado na ponta-esquerda, passou a atuar como segundo volante, sua posição original.

Com as alterações, o Atlético passou a dominar a partida e chegou a assustar o goleiro Conde com Ricardo Oliveira e Guga. Mas faltou coragem para o time de Levir Culpi, que perdeu a segunda consecutiva e se complicou na Libertadores.

FICHA TÉCNICA:

NACIONAL-URU 1 x 0 ATLÉTICO-MG

NACIONAL - Conde; Zunino; Angeleri, Rafael García e Viña; Arzura, Gabriel Neves, Carballo e Santiago Rodríguez (Carvalho); Chory Castro (Ramirez) e Bergessio (Fernández). Técnico: Eduardo Dominguez.

ATLÉTICO-MG - Victor; Patric (Guga), Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; José Welison (Alerrandro), Jair (Chará), Elias, Cazares e Luan; Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi.

GOL - Bergessio, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Viña, Igor Rabello, Angeleri, José Welison, Ricardo Oliveira.

ÁRBITRO - Roberto Tobar (Chile).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (Uruguai).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Esportes

Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote

Texto foi publicado nas redes sociais após vitória contra o Paraguai
Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote
Esportes

Brasil quebra tabu de 35 anos e vence Paraguai pelas Eliminatórias

Neymar e Paquetá marcam na vitória por 2 a 0 na capital Assunção
Brasil quebra tabu de 35 anos e vence Paraguai pelas Eliminatórias
Esportes

Jaraguá Futsal vence o Concórdia pelo Campeonato Catarinense

Sem a confirmação dos próximos jogos do Jaraguá na competição pela Federação Catarinense de Futsal, o time foca a atenção na Liga Nacional, já que tem um jogo decisivo contra o Umuarama na quinta-feira (10), às 17h, no Paraná
Jaraguá Futsal vence o Concórdia pelo Campeonato Catarinense
Esportes

Juventus empata na estreia da Série D do Brasileiro

A partida aconteceu no domingo (6) no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul. 
Juventus empata na estreia da Série D do Brasileiro
Ver mais de Esportes