terça, 18 de junho de 2019 - 07h41
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
ESPORTE

Alexandre Pato rescinde contrato com time chinês e fica livre no mercado

16 Mar 2019 - 12h59

Alexandre Pato acertou neste sábado sua rescisão contratual com o Tianjin Tianhai, anteriormente chamado de Tianjin Quanjian. Após dois anos defendendo o clube chinês, o atacante de 29 anos encerrou sua passagem pelo futebol do país asiático e está novamente livre no mercado.

A rescisão de Pato com o Tianjin foi informada inicialmente pela imprensa italiana, mas, horas mais tarde, o próprio jogador utilizou seu perfil no Weibo, uma rede social bastante popular na China, para confirmar a informação e se despedir dos torcedores.

"Meus queridos amigos chineses, eu gostaria de informá-los que minha aventura na China chegou ao fim", escreveu. "Gostaria de agradecer ao meu clube, meus companheiros, técnicos, todos com quem trabalhei no clube, aos fãs e torcedores, que sempre me mostraram amor, e a todo o povo chinês por estes dois anos."

Contratado por 18 milhões de euros junto ao Villarreal 2017, Pato sofreu com algumas lesões e viveu altos e baixos no Tianjin. O jogador estaria insatisfeito no clube, mas fez questão de destacar o aprendizado nesta passagem pelo país.

"Estes dois anos na China foram repletos de momentos felizes com meus companheiros e cheios de experiências. Tenho certeza de que a China me fez crescer como homem, visitei novas cidades e lugares, aprendi uma nova cultura e hábitos deste grande país", comentou.

Revelado pelo Internacional e com passagens por Milan, Corinthians e São Paulo, Pato estaria na mira de alguns clubes do futebol brasileiro. O próprio São Paulo, o Santos e o Palmeiras já teriam demonstrado o interesse de contar com o atacante, que também já vestiu as cores da seleção brasileira.