Schützenfest

Schützen tem média de 600 a 700 quilos de recicláveis por dia

A informação é do presidente do Samae, Ademir Izidoro, ressaltando ter ficado surpreso com os dados obtidos junto à empresa que faz a coleta de resíduos no local

12 Nov 2019 - 14h15Por Da Redação
Schützen tem média de 600 a 700 quilos de recicláveis por dia - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

A implantação da coleta seletiva na 31ª Schützenfest apresenta avaliação positiva por parte da organização do evento e resulta em mais renda para as cooperativas de recicladores instaladas no município de Jaraguá do Sul. A iniciativa do Samae, em parceria com a Prefeitura e a CCO, rendeu até agora, uma média entre 600 a 700 quilos de recicláveis por dia desde o último dia 7 de novembro, data de abertura da Schützenfest.

A informação é do presidente do Samae, Ademir Izidoro, ressaltando ter ficado surpreso com os dados obtidos junto à empresa que faz a coleta de resíduos no local. “Já é um bom começo. Percebemos que os frequentadores da Schützenfest estão informados sobre a coleta seletiva e preocupados em fazer o descarte correto dos resíduos”, destaca ele, acrescentando que outro fator importante neste resultado é o trabalho das equipes de limpeza que atuam durante a festa.

“Eles foram treinados e estão a todo o momento passando nas mesas para recolher os resíduos e já fazem uma triagem ali mesmo. Também observamos que as pessoas que vão depositar os materiais nas lixeiras estão mais ligadas neste processo e separam antes de descartar, o que é muito importante para o meio ambiente”.

Luciana Maciel de Lima é de Pomerode e foi contratada para atuar na equipe de limpeza. Ela acredita ser muito válida a iniciativa. “É muito importante já sair daqui o material separado, porque assim outras pessoas vão ganhar com isso”, disse ela.

A atitude dos frequentadores da festa e das equipes de limpeza tem sido de extrema relevância para os recicladores. Adilson Luiz Dalcanalle é integrante de uma das 11 cooperativas credenciadas de Jaraguá do Sul e comenta estar satisfeito com o material recebido. “Noventa e cinco por cento do material é aproveitável”, diz ele, se referindo aos plásticos, latas de alumínio e papel, que são os principais recicláveis originados na Schützenfest.

Ainda segundo o presidente do Samae, Ademir Izidoro, praticar a coleta seletiva numa festa das dimensões da Schützenfest é uma experiência importante, mas de certa complexidade. “Já estamos trabalhando com algumas alterações, como, por exemplo, aumentando o número de pontos de descartes de copos plásticos, pois percebemos que os disponibilizados inicialmente não estão sendo suficientes. Para a próxima edição da festa, vamos em busca de alternativas para reduzir o uso de plásticos e outras práticas que incentivem o uso consciente e facilitem o descarte dos materiais”, reitera.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Schützenfest

Celesc reforça alerta para novos golpes registrados em diferentes regiões de Santa Catarina

lém de casos relatados na semana passada em cidades do Meio-Oeste catarinense, Vale do Itajaí e Grande Florianópolis, nesta semana novas tentativas foram detectadas nos municípios de São José e Guabiruba
Celesc reforça alerta para novos golpes registrados em diferentes regiões de Santa Catarina
Coronavírus

32ª Schützenfest é adiada para 2021

A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (4)
32ª Schützenfest é adiada para 2021
Schützenfest

Presidente da CCO presta contas da 31ª Schützenfest

Presidente da CCO presta contas da 31ª Schützenfest
Schützenfest

Schützenfest: quase 9 toneladas de lixo reciclável têm destino correto

A informação é do gerente de resíduos sólidos do Samae, Giovani Mello
Schützenfest: quase 9 toneladas de lixo reciclável têm destino correto
Ver mais de Schützenfest