vacina
ECONOMIA

Vendas no comércio sobem 1% em janeiro após queda em dezembro, diz Boa Vista

18 Fev 2019 - 09h32

As vendas do comércio varejista no País subiram 1,0% em janeiro, depois da queda de 1,5% em dezembro, informa a Boa Vista. No acumulado de 12 meses, houve expansão de 1,3%, enquanto no confronto com janeiro de 2018 a elevação foi de 3,4%.

Conforme a Boa Vista, os resultados revelam a dificuldade de retomada do comércio, que vem registrando fraco desempenho desde o início do ano passado. Em nota, a instituição cita que o desemprego alto e a lenta melhora da atividade doméstica continuam sendo os principais entraves para evolução mais expressiva das vendas varejistas. "Com poucos sinais de avanço no cenário econômico, espera-se que o varejo siga em um ritmo gradual em 2019."

O setor de móveis e eletrodomésticos apresentou queda de 0,2% em janeiro em relação a dezembro, ficando estável no acumulado em 12 meses. As vendas da categoria de tecidos, vestuários e calçados subiram 1,2% no primeiro mês deste ano. Em 12 meses, acumularam recuo de 1,2%.

A atividade do setor de supermercados, alimentos e bebidas registrou aumentos de 1,5% e de 2,5% no acumulado em 12 meses. Já o segmento de combustíveis e lubrificantes subiu 1,4% em janeiro no confronto com o mês anterior. A variação acumulada em 12 meses ficou em 1,5%.

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia

Implantação do novo sistema comercial teria apresentado instabilidade
Celesc emite comunicado sobre erros nas faturas de energia
Economia

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC

Responsável por 3,7% do PIB, setor de defesa é oportunidade para indústria de SC
Geral

Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos

Estado poderá direcionar R$ 23 bilhões para reconstrução
Senado aprova suspensão da dívida do RS com a União por três anos
Política

Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras

Ela substituirá Jean Paul Prates que pediu saída antecipada
Governo indica Magda Chambriard para presidência da Petrobras
Ver mais de Economia