Imobiliária Coralli
Economia

Presente do Dia das Crianças custo em média R$ 197,00 em Santa Catarina

16 Out 2012 - 11h36



Os catarinenses compraram presentes de, em média, R$ 197,00 no Dia das Crianças. O valor foi considerado positivo e próximo ao que havia indicado a Pesquisa Fecomércio de Intenção de Compras, divulgado na semana passada. Nas seis cidades pesquisadas os resultados foram satisfatórios para os consumidores e para o comércio. Em Florianópolis, o presente teve um custo médio de R$ 231,05, e em Lages de R$ 141,98. Os resultados demonstram que a melhor situação financeira das famílias possibilitou a aquisição de produtos mais valiosos e também teve influência positiva no faturamento das empresas. Foram ouvidos 595 empresários do comércio no sábado, 13 de outubro - dia seguinte à data comemorativa em questão, nas seis maiores cidades do estado. A Fecomércio considera relevante o crescimento e dentro do cenário atual de recuperação das vendas do comércio, que tiveram desempenho fraco no início do ano, mas vem apresentando recuperação no segundo semestre.


Em Jaraguá do Sul, a Câmara dos Dirigentes Lojistas fez nesta segunda-feira a avaliação das vendas do Dia das Crianças. Segundo o presidente Neivor Bussolaro, o crescimento em relação ao mesmo período do ano passado foi de 4,8%. Para ele, este resultado é o prenuncio de um fim de ano de recuperação para o comércio lojista.

[jwplayer mediaid="69155"]

A promoção Sonho de Natal, citada pelo presidente da CDL e que começa oficialmente no dia 1º de novembro, já tem 280 lojas participantes e a expectativa da Câmara dos Dirigentes Lojistas é atingir 300 lojas. O prazo para adesão termina nesta semana e já está garantida a distribuição de 900 mil cupons.


Entre os prêmios da promoção estão dois carros zero quilômetro, cinco tevês 42 polegadas e 60 vales-compras no valor de R$ 500,00. Cada compra acima dos R$ 40,00 nas lojas participantes dará direito a um cupom da promoção, que encerra no dia 24 de dezembro e cujo sorteio será em 8 de janeiro de 2013.

(ROGÉRIO TALLINI)

Matérias Relacionadas

Economia

Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE

Maiores altas foram observadas nos estados do Amazonas e Ceará
Produção industrial cresce em 14 locais em junho, diz IBGE
Economia

INSS amplia serviço alternativo para receber documentação de segurados

Cópias dos documentos poderão ser depositadas em urnas nas agências
INSS amplia serviço alternativo para receber documentação de segurados
Economia

Mercado financeiro projeta queda de 5,62% na economia este ano

Para 2021, a estimativa de inflação permanece em 3%, diz BC
Mercado financeiro projeta queda de 5,62% na economia este ano
Economia

Celesc registra aumento no índice de inadimplência de 33% no primeiro semestre

Cortes de energia serão retomados em agosto. Consumidores de baixa renda não terão fornecimento interrompido
Celesc registra aumento no índice de inadimplência de 33% no primeiro semestre
Ver mais de Economia