Joaçaba Pneus
ECONOMIA

Por Previdência, lideranças do agronegócio têm jantar com parlamentares

12 Mar 2019 - 15h08Por Camila Turtelli

Lideranças do agronegócio participaram na segunda-feira, 11, de um jantar na residência oficial da presidência da Câmara para reforçar o apoio do setor à Nova Previdência. Na noite de segunda-feira, os líderes partidários se reuniram também na residência para tratar da pauta de médio prazo da Casa e da definição das comissões permanentes.

Na sequência, os deputados participaram do jantar com os representantes do setor produtivo no mesmo local, segundo apurou o Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Estiveram presentes diretores da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes Bovina (Abiec) e também da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

Uma fonte disse que a participação dos representantes no jantar foi para reforçar a posição de apoio à aprovação da reforma.

Na reunião anterior ao jantar, realizada apenas com os parlamentares, a principal decisão foi que a admissibilidade da PEC da Nova Previdência só será votada depois que o governo enviar ao Congresso o projeto de lei com a reforma para os militares.

Matérias Relacionadas

Economia

Exportação de SC cresce 36,3% em maio

No acumulado de janeiro a maio, os embarques do estado somaram US$ 3,8 bilhões - um aumento de 11,2% em relação ao mesmo período de 2020
Exportação de SC cresce 36,3% em maio
Economia

Programa Juro Zero libera mais de R$ 2 milhões em dois meses

Programa de Microcrédito Municipal atende micro e pequenas empresas, microempreendedores individuais e autônomos
Programa Juro Zero libera mais de R$ 2 milhões em dois meses
Economia

Bolsonaro pede a empresários para segurarem preço dos alimentos

Pedido ocorreu durante encontro no Rio de Janeiro
Bolsonaro pede a empresários para segurarem preço dos alimentos
Economia

Copom eleva taxa básica de juros para 4,25% ao ano

Decisão de elevar a Selic pela terceira vez era esperada pelo mercado
Copom eleva taxa básica de juros para 4,25% ao ano
Ver mais de Economia