Delivery Much
ECONOMIA

Podemos fazer acordo com China, mas na última eles tentaram renegociar, diz Trump

14 Mai 2019 - 09h05Por Monique Heemann

O presidente americano, Donald Trump, voltou a criticar a China hoje, no Twitter. "Nós podemos fazer um acordo com a China amanhã, antes que as empresas comecem a sair para não perder os negócios nos Estados Unidos, mas na última vez em que estivemos próximos de um entendimento eles quiseram renegociar o acordo", escreveu. E acrescentou: "de jeito nenhum!".

O presidente argumentou que "estamos em uma posição muito melhor agora do que qualquer acordo que pudéssemos ter feito", ao defender os impactos das tarifas impostas à China para a economia americana, que teriam sido responsáveis pelo forte crescimento do primeiro trimestre. "Somos agora uma economia muito maior do que a China e aumentamos substancialmente de tamanho desde as grandes eleições de 2016", ressaltou.

Trump acrescentou que, em um ano, as tarifas reconstruíram a indústria siderúrgica dos EUA. "Colocamos uma tarifa de 25% sobre o aço 'descartado' da China e de outros países, e agora temos uma indústria grande e crescente", escreveu na rede social.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Bancos Inter, Itaú e Caixa lideram ranking de reclamações ao BC

São consideradas instituições com mais de 4 milhões de clientes
Economia

Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras

O novo valor será de R$ 1,98 para as revendedoras
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
Economia

Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,43%

A informação foi divulgada hoje pelo Banco Central
Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,43%
Economia

Santa Catarina inicia colheita de pitaia

Santa Catarina já é o segundo maior produtor da fruta no Brasil
Santa Catarina inicia colheita de pitaia
Ver mais de Economia