ECONOMIA

Na contramão do exterior, Ibovespa sobe acima dos 97 mil pontos

26 Fev 2019 - 12h13Por Maria Regina Silva

O Ibovespa encontra força para subir na manhã desta terça-feira, 26, ainda que o quadro internacional não seja dos melhores e pairam as dúvidas sobre a reforma previdenciária. O principal índice da B3 abriu em alta e logo passou a renovar máximas. A valorização acontece ao mesmo tempo em que as cotações do petróleo avançam no exterior.

Os ganhos da commodity sugerem uma correção da queda de mais de 3% na segunda-feira, após o presidente americano, Donald Trump, reclamar dos preços "muito altos" da commodity. Além disso, há a expectativa diante da possível aprovação de uma lei que permitiria que o Congresso americano processe a Opep por violações antitruste.

Entretanto, há algumas incertezas como as relacionadas ao Brexit. A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, afirmou nesta terça que, se o Parlamento britânico rejeitar seu acordo numa votação que deverá ocorrer até 12 de março, ela permitirá que os legisladores votem, nos dias seguintes, propostas para uma ruptura sem acordo com a União Europeia e para o adiamento da saída. Com isso, a libra esterlina reduziu a alta.

"Os futuros de Nova York estão caindo, bem como as bolsas europeias. Não tem espaço para a Bolsa subir. Mas o petróleo ajuda a ir na direção contrária do exterior", diz um operador de renda variável.

"Não tem nenhum rol de grandes notícias. Pode ficar no zero a zero", estima o analista Álvaro Frasson, da Necton Investimentos. Às 11h04, o Ibovespa subia 0,23%, aos 97.462,45 pontos, após fechar com queda de 0,66%, aos 97.239,90 pontos.

Enquanto monitora o exterior, o investidor ainda segue atento aos desdobramentos da reforma da Previdência, à espera de avanços do governo na articulação da proposta. Para isso, o secretário especial da Previdência e do Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, realiza nesta terça uma maratona de reuniões com parlamentares para falar sobre a reforma.

A tarefa de abocanhar votos necessários à reforma não deve ser fácil. Nesta manhã, o deputados federais Kim Kataguiri (DEM-SP) e Marcel van Hattem (Novo-RS) criticaram, durante o 20º CEO Brasil 2019 Conference, do BTG Pactual, a política de comunicação do governo para a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Nova Previdência.

Kataguiri classificou como "incerta a linha de comunicação do governo", defendeu um debate mais profundo do texto enviado ao Congresso na semana passada e, novamente, a divisão do ônus da proposta entre o presidente Jair Bolsonaro e o Congresso.

A demora do governo em conseguir os votos necessários para aprovar a reforma da Previdência e dúvidas sobre o de fato será aprovado continuam causando insegurança nos investidores. "A largada está péssima. A articulação do governo está horrível. Vamos ver se terá alguma novidade após a reunião do presidente Jair Bolsonaro", completa o operador.

Nesta terça, o presidente se reunirá com líderes de partidos da base aliada na Câmara para tratar da reforma. A reforma das aposentadorias para militares é um dos pontos mais sensíveis.

Nesta manhã, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que o prazo para a chegada da Previdência dos militares é até 20 de março. "O mercado brasileiro está operando muito no dia a dia de Brasília. O fato de a instalação da CCJ ficar para depois do carnaval pegou mal", acrescenta a fonte.

Na segunda, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), admitiu que a instalação da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) deve acontecer somente após o carnaval.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Dólar fecha praticamente estável a R$ 5,60

Bolsa encerra segunda-feira com pequena alta
Economia

Carnês do IPTU de Jaraguá podem ser impressos no site da prefeitura

Esta opção também está disponível no App Jaraguá na Mão
Carnês do IPTU de Jaraguá podem ser impressos no site da prefeitura
Economia

Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás

Reajuste será nas refinarias e entra em vigor amanhã
Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás
Economia

Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje

Receita espera receber 32,6 mi de declarações até 30 de abril
Prazo para entregar declaração do Imposto de Renda começa hoje
Ver mais de Economia