Delivery Much
ECONOMIA

Ministros participam de reunião da Junta Orçamentária no Planalto

15 Abr 2019 - 15h59Por Amanda Pupo

Em agenda no Planalto, onde deve encontrar o presidente Jair Bolsonaro às 16h, o ministro da Economia, Paulo Guedes, se reuniu na manhã desta segunda-feira (15) com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, em uma reunião da Junta de Execução Orçamentária.

Nesta tarde, o Ministério da Economia divulga o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2020, com entrevista coletiva à imprensa. No Planalto, também participaram da reunião os ministros da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz.

Durante a tarde, a agenda de Onyx prevê ainda uma reunião interministerial para tratar da política de combustíveis. O encontro ocorre após a repercussão do recuo da Petrobras em reajustar o preço do óleo diesel depois de interferência do presidente Jair Bolsonaro. Após o episódio, a estatal registrou uma perda de R$ 32 bilhões em valor de mercado.

De acordo com a agenda de Onyx, a reunião terá a participação de Guedes, de Tarcísio, de Santa Cruz, do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, do presidente do BNDES, Joaquim Levy, do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Floriano Peixoto.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Confira o calendário de Sábados Legais no comércio de Jaraguá em 2021 

Oportunizando mais tempo para os consumidores fazerem suas compras, a iniciativa tem a primeira edição do ano no próximo dia 6 de fevereiro
Confira o calendário de Sábados Legais no comércio de Jaraguá em 2021 
Economia

Tarifa de água em Guaramirim terá reajuste de 17,48% 

Com o reajuste, a tarifa mínima de água residencial ficará R$ 39,00 e a tarifa mínima comercial R$ 56,96
Tarifa de água em Guaramirim terá reajuste de 17,48% 
Economia

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro
Geral

Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor

Na prática, os estabelecimentos que recebem leite ou processam leite cru refrigerado terão que rastrear toda a matéria-prima e solicitar os exames de brucelose e tuberculose dos bovinos de seus fornecedores
Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor
Ver mais de Economia