ECONOMIA

Maia: Acabar com o orçamento impositivo aumenta a responsabilidade do parlamento

10 Fev 2020 - 12h06Por Denise Luna

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que acabar com o limite de prazo para o orçamento impositivo aumenta a responsabilidade do parlamento, o que é positivo para a população. Segundo ele, agora os parlamentares sabem que qualquer crédito que seja criado tem consequências.

"Quando nós aprovamos o orçamento impositivo, não fizemos nada para enfrentar o Executivo, isso é muito positivo para o parlamento. Toda vez que você vai votar uma matéria que vai ter impacto fiscal, que vai ter aumento de despesa", disse dando como exemplo a criação de um crédito rural de R$ 3 bilhões. "Esses R$ 3 bilhões vamos tirar dos investimentos públicos", lembrou.

Segundo Maia, uma relação entre o Executivo e o Legislativo, "que começou mal no primeiro semestre do ano passado", melhorou no segundo semestre e agora existe uma comunicação melhor com o governo.

Matérias Relacionadas

Economia

Lunelli sanciona lei que institui o Sandbox Regulatório

Jaraguá do Sul é um dos primeiros municípios a aprovar esta lei. O objetivo é possibilitar que empresas, já constituídas, tenham autorização temporária para testar negócios inovadores
Lunelli sanciona lei que institui o Sandbox Regulatório
Economia

CDL de Jaraguá lança campanha "Lembranças pra toda vida" para o Dia dos Avós

A data tem se consolidado no calendário do varejo com aumento expressivo nas vendas ao longo dos últimos anos
CDL de Jaraguá lança campanha "Lembranças pra toda vida" para o Dia dos Avós
Economia

SC registra crescimento de 47,63% no saldo de novas empresas no primeiro semestre

Foram 107.268 empreendimentos constituídos e 32.431 extintos em Santa Catarina no primeiro semestre de 2021
SC registra crescimento de 47,63% no saldo de novas empresas no primeiro semestre
Geral

Advogado esclarece lei que regulamenta uso de dados pessoais na plenária da ACIAG

A LGPD regulamenta o uso de dados pessoais no Brasil, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade
Advogado esclarece lei que regulamenta uso de dados pessoais na plenária da ACIAG
Ver mais de Economia