ECONOMIA

Juros zeram alta e fecham estáveis enquanto mercado aguarda passos da reforma

21 Fev 2019 - 17h51Por Denise Abarca

Os juros futuros terminaram a sessão regular desta quinta-feira, 21, estáveis em relação aos ajustes anteriores, após passarem a maior parte do dia em alta moderada. As taxas zeraram o avanço na última hora de negócios, alinhadas especialmente à redução da pressão no câmbio. A quinta pós entrega da reforma da Previdência ao Congresso foi escassa de destaques no noticiário e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) de fevereiro ficou colado à mediana das estimativas. Ainda assim, os profissionais da área de renda fixa lembram que o volume foi forte.

A taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2020 fechou em 6,430%, de 6,415% no ajuste anterior, e a do DI para janeiro de 2021 passou de 7,071% para 7,08%. A taxa do DI para janeiro de 2023 encerrou em 8,19%, de 8,182%, e a do DI para janeiro de 2025 encerrou a 8,71%, de 8,722%.

"O mercado esteve hoje procurando um driver para operar, pois agora é esperar pela tramitação da reforma para ver o quanto o texto vai ser enxugado. É preciso algo novo para uma próxima pernada nos ativos", disse Rafael Bevilacqua, estrategista-chefe da Levante Ideias de Investimentos.

No cronograma da reforma, o passo seguinte agora é a formação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na Câmara onde a proposta vai começar a tramitar. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que vai determinar a instalação na próxima terça-feira.

Sobre o IPCA-15, a taxa acelerou levemente de janeiro (0,30%) para fevereiro (0,34%), sendo a mais baixa para o mês desde 2000, quando também ficou em 0,34%, que é o piso para meses de fevereiro desde o início do Plano Real em 1994. A mediana das estimativas dos analistas era de 0,35%.

O dólar à vista se afastava das máximas, quando chegou à casa dos R$ 3,77, e às 16h32 era cotado em R$ 3,7532 (+0,57%).

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 2

Parcela varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo do beneficiário
Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 2
Economia

Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado

Apostas podem ser feitas até as 19h
Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado
Economia

WEG anuncia novos investimentos em Minas Gerais

Com uma nova fábrica de Eletrocentros em Betim, companhia pretende fortalecer sua posição em um dos mais importantes mercados de equipamentos elétricos industriais e para geração de energia do país
WEG anuncia novos investimentos em Minas Gerais
Economia

Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias

Litro do diesel passará a custar R$ 2,76, e o da gasolina, R$ 2,64
Petrobras aumenta preços do diesel e da gasolina nas refinarias
Ver mais de Economia