CMJS - Novembro
Economia

Indústria de SC lança produto que reduz mau cheiro em calçados e roupas

Este foi o terceiro projeto de indústria catarinense aprovado em 2019 pelo Edital de Inovação para a Indústria

16 Abr 2019 - 13h56Por Fiesc
A empresa Bodout, de Florianópolis, aprimorou o processo de retirada de umidade e, com ajuda de instituto do SENAI, busca inovação incremental. - Crédito: DivulgaçãoA empresa Bodout, de Florianópolis, aprimorou o processo de retirada de umidade e, com ajuda de instituto do SENAI, busca inovação incremental. - Crédito: Divulgação

Um sachê que reduz o mau cheiro causado pelo suor em calçados e roupas é um dos projetos da indústria catarinense aprovados pelo Edital de Inovação para a Indústria, iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), do Serviço Social da Indústria (SESI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) nacionais e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). A empresa Bodout, de Florianópolis, aprimorou o processo de retirada de umidade e agora, com a ajuda do Instituto SENAI de Tecnologia em Logística de Produção (de Itajaí) busca uma inovação incremental, de maneira, por exemplo, a ampliar sua durabilidade e aplicar outras propriedades, o que será feito com apoio do Edital. Em fevereiro, tinham sido aprovados outros dois projetos, na área de saúde e segurança do trabalho.

“Estamos vivendo um momento de bastante transformação tecnológica e as indústrias precisam investir parte da sua receita para aprimorar os seus negócios, ter mais efetividade e, principalmente, identificar novas oportunidades de mercado”, diz o executivo da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) na área de inovação, Maurício Cappra Pauletti. Ele destaca que, em linha com sua missão de promover a competitividade da indústria, a FIESC e suas entidades SESI, SENAI e IEL apoiam a inovação.

O projeto “Bodout Mais Esporte menos Cheiro” foi aprovado na categoria Inovação Tecnológica para Micro e Pequenas Empresas, MEI e Startups de Base Tecnológica. Além de aumentar sua durabilidade, o trabalho do Instituto SENAI de Tecnologia em Logística de Produção deve adicionar propriedades antibacteriana e antifúngica, além de ampliar a sua aplicação para a área eletrônica, médica, doméstica e de saúde e segurança do trabalho, com aplicação em equipamentos de proteção. “Ter uma ideia é muito fácil, a parte mais difícil é operacionalizar ela, por isso a gente acha fundamental o apoio das entidades Sistema S, que oferecem esse tipo de auxílio para as pequenas indústrias.  Esse edital é uma coroação de que a gente está no caminho certo”, afirma Luciano Castelo, proprietário da Bodout.

Saúde e segurança

Outros dois projetos catarinenses aprovados no Edital, em fevereiro, integram a categoria Inovação em Segurança e Saúde no Trabalho e Promoção da Saúde. A proposta selecionada da Dooile Tecnologia visa fornecer uma solução integrada de monitoramento e detecção em tempo real da presença de amônia no ambiente de trabalho. Já o foco do Safe and Clean, da Farben Tintas, é automatizar parte do processo de limpeza de tachos de tinta utilizados para a mistura de agentes químicos. Com isso, são eliminados riscos ergonômicos e de exposição a agentes químicos nocivos ao trabalhador.

O Edital de Inovação para a Indústria é uma iniciativa que estimula o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores. Em todo o País, o Edital vai investir até R$ 55 milhões para o desenvolvimento de projetos em indústrias de todos os portes, incluindo startups de base tecnológica.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Geral

Software exclusivo auxilia na eficiência da tomada de decisões

Software exclusivo auxilia na eficiência da tomada de decisões
Economia

Atividade econômica cresce 0,91% no terceiro trimestre

IBC-Br avalia atividade econômica e influencia decisões sobre Selic
Atividade econômica cresce 0,91% no terceiro trimestre
Economia

Dólar ultrapassa R$ 4,18, segundo maior valor desde criação do real

A moeda acumula valorização de 4,43% no mês
Dólar ultrapassa R$ 4,18, segundo maior valor desde criação do real
Geral

Transformação digital pode gerar grande impacto econômico global

O tema foi debatido nesta quarta-feira (13) em workshop da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em Brasília
Transformação digital pode gerar grande impacto econômico global
Ver mais de Economia