105 Ouça
Caraguá
ECONOMIA

IBC-Br cai 0,41% em janeiro de 2019 ante dezembro, com ajuste, revela BC

18 Mar 2019 - 10h45Por Fabrício de Castro

Após avançar 0,21% em dezembro (dado revisado), a economia brasileira teve baixa em janeiro de 2019. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) recuou 0,41% em janeiro ante dezembro, na série com ajuste sazonal, informou na manhã desta segunda-feira, 18, a entidade.

O índice de atividade calculado pelo BC passou de 138,76 pontos para 138,19 pontos na série dessazonalizada no período. Este é o menor patamar para o IBC-Br com ajuste desde outubro de 2018 (138,10 pontos).

A baixa do IBC-Br foi mais forte que da mediana (-0,25%) do intervalo estimado pelos analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast, que esperavam resultado entre -1,00% e +0,70%.

Na comparação entre os meses de janeiro de 2019 e janeiro de 2018, houve alta de 0,79% na série sem ajustes sazonais. Esta série encerrou com o IBC-Br em 133,16 pontos em janeiro, ante 132,12 pontos de janeiro do ano passado.

O IBC-Br acumulou alta de 1,00% nos 12 meses encerrados em janeiro de 2019, informou o Banco Central. O porcentual diz respeito à série sem ajuste sazonal.

Conhecido como uma espécie de prévia do BC para o Produto Interno Bruto (PIB), o IBC-Br serve como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses. A previsão atual do BC para a atividade doméstica em 2019 é de avanço de 2,4%.

Caraguá

Matérias Relacionadas

Segurança

Banco Central comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves Pix

Foram vazados dados cadastrais da Acesso Pagamentos
Banco Central comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves Pix
Economia

Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis

Em 2021, a gasolina e o diesel subiram 47%, Etanol acumula alta de 62%
Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis
Economia

Sindicato dos Metalúrgicos da região e classe patronal fecham reajuste para 2022

Confira o reajuste que será concedido aos trabalhadores
Sindicato dos Metalúrgicos da região e classe patronal fecham reajuste para 2022
Geral

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 22 milhões

Próximo sorteio será no sábado
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 22 milhões
Ver mais de Economia