ECONOMIA

Guedes cede à pressão dos procuradores e indica funcionário para comandar PGFN

19 Dez 2018 - 17h31Por Adriana Fernandes

Depois da forte pressão dos procuradores, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, acabou cedendo e indicado o funcionário de carreira José Levi Mello do Amaral Júnior para comandar a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Como revelou o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, os procuradores da PGFN ameaçaram entregar todos os cargos de chefia e parar o funcionamento do órgão se Guedes nomeasse Marcelo de Siqueira, que atualmente é diretor do BNDES, para comandar o órgão. Siqueira era o nome escolhido, mas acabou perdendo o cargo.

Em nota divulgada nesta quarta-feira, 19, Guedes informou que a PGFN integrará a estrutura jurídica original do Ministério da Fazenda e as consultorias jurídicas dos demais ministérios, de modo a assegurar racionalidade e eficiência ao novo Ministério da Economia. "Sem prejuízo da especialização da atuação de cada uma das pastas", diz nota.

Atualmente vinculada ao Ministério da Fazenda, a PGFN é responsável por atuar na cobrança judicial das dívidas que as empresas e pessoas físicas têm com a União.

José Levi ingressou na carreira da PGFN em 2000 e atualmente é Procurador-Geral Adjunto de Consultoria Tributária e Previdenciária. Mestre em Direito do Estado (UFRGS), Doutor em Direito do Estado (USP) e Livre-Docente em Direito Constitucional (USP), já ocupou o cargo de secretário-Executivo do Ministério da Justiça e de Consultor-Geral da União. É Professor de Direito Constitucional da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP).

Para barrar a indicação de Siqueira, os procuradores alegaram que o nome não era funcionário da PGFN e, portanto, não teria nenhum conhecimento da área para comandar o órgão. A categoria comparou a escolha de Siqueira como a indicação de um "general do Exército para comandar a Marinha".

Segundo o Broadcast apurou, pelo menos 80 procuradores anunciaram à equipe de transição que deixaria o cargo assim que Guedes confirmasse a indicação de Siqueira. O número poderia subir para 300, segundo o Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz), Achiles Frias.

Matérias Relacionadas

Economia

Sorteio da Quina de São João será neste sábado

Prêmio de R$ 170 milhões é o maior do concurso
Sorteio da Quina de São João será neste sábado
Economia

Banco Central nega possibilidade de golpe com Pix agendado

Segundo órgão, mensagem que circula na internet não passa de rumor
Banco Central nega possibilidade de golpe com Pix agendado
Economia

Governo deve anunciar prorrogação do auxílio nesta semana, diz Guedes

Ministro se reuniu com empresário na Fiesp, em São Paulo
Governo deve anunciar prorrogação do auxílio nesta semana, diz Guedes
Política

Secretário e deputados discutem aperfeiçoamento do Prodec

A iniciativa visa tornar os benefícios do principal programa de incentivo ao desenvolvimento da indústria mais acessíveis ao investidor
Secretário e deputados discutem aperfeiçoamento do Prodec
Ver mais de Economia