transito
Economia

Grupo Malwee vai fabricar jeans com 99% menos água

O grupo Malwee definiu um plano de investir R$ 100 milhões até 2021 com foco em projetos sustentáveis

23 Mai 2019 - 10h38Por Janici Demetrio

O grupo Malwee definiu um plano de investir R$ 100 milhões até 2021 com foco em projetos sustentáveis. A principal meta é reduzir o consumo de água utilizada na fabricação anual de 35 milhões de peças de roupa.

O uso de ozônio e laser vai permitir que o gasto de água na produção de uma calça jeans caia dos 100 litros atuais para 200 mililitros. A inovação ainda vai reduzir o custo das peças em cerca de 4% — a companhia fabrica aproximadamente 1 milhão de calças jeans por ano.

Guilherme Weege: o presidente da Malwee vê redução de 4% nos custos - Foto: Divulgação / Malwee

Fundada há 50 anos, a Malwee faturou R$ 1 bilhão no ano passado, 7% mais do que em 2017. A empresa, presidida desde 2007 por Guilherme Weege, da família fundadora, tem 330 lojas e vende para outras 25 mil lojas multimarcas no Brasil.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Economia

Bancos não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira

Agências serão reabertas na sexta
Bancos não terão atendimento presencial ao público nesta quinta-feira
Economia

Mercado eleva previsão da inflação de 3,8% para 3,86% em 2024

Projeção de expansão da economia está 2,05% este ano.
Mercado eleva previsão da inflação de 3,8% para 3,86% em 2024
Economia

Após chuvas, Gramado tem mais de 500 hotéis e restaurantes fechados

Temporais e deslizamentos deixaram 1 mil desabrigados
Após chuvas, Gramado tem mais de 500 hotéis e restaurantes fechados
Política

Modal ferroviário é tema de debate na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

Encontro foi proposto pelo deputado Antídio Lunelli, presidente da Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da Alesc
Modal ferroviário é tema de debate na Assembleia Legislativa de Santa Catarina
Ver mais de Economia