Dia internacional das Mulheres
ECONOMIA

Faturamento do e-commerce soma R$ 53,2 bilhões em 2018, alta de 12%

19 Fev 2019 - 16h25Por Beth Moreira

O segmento de comércio eletrônico encerrou o ano de 2018 com faturamento de R$ 53,2 bilhões, o que representa uma alta nominal de 12% na comparação com 2017. Foram 123 milhões de pedidos realizados pelo e-commerce, 10% a mais do que no ano anterior. O tíquete médio de compras foi de R$ 434, ligeira alta de 1%. As informações são da EbitNielsen.

Para 2019, a expectativa é de expansão de 15%, com vendas totais de R$ 61,2 bilhões. Os pedidos devem ser 12% maiores, 137 milhões, e o tíquete médio deve chegar a R$ 447, aumento de 3%. Para o Ana Szasz, líder comercial para EbitNielsen, a previsão leva em conta a entrada de novos consumidores e a expansão do mercado de dispositivos móveis e da banda larga no Brasil, além da migração do varejo offline para o online.

O faturamento do e-commerce em 2018 ficou praticamente em linha com o previsto no relatório Webshoppers 38, divulgado em agosto, no qual a expectativa era de R$ 53,4 bilhões de faturamento, 120 milhões de pedidos e R$ 445 de tíquete médio. A próxima edição do documento deverá ser divulgada no dia 25 de março.

"Registramos mais pedidos do que o previsto e, em compensação, menor tíquete médio, mas esse é um excelente indicador, pois é reflexo direto da chegada de novos consumidores - cerca de 10 milhões em 2018 - e do perfil de consumo. Categorias como cosméticos, perfumaria e moda lideraram o ranking das mais pedidas e se caracterizam por maior recorrência e pedidos de menor valor. Essa é uma tendência que também deve se manter forte para 2019", diz Ana em nota.

Para ela, o crescimento também reflete a entrada de novos players, fusões e aquisições e a consolidação do modelo marketplace. Ana destaca, no entanto que dois grandes eventos impediram que o crescimento de 2018 fosse ainda mais expressivo. "Além da greve dos caminhoneiros, que represou cerca de R$ 407 milhões em compras, prejudicando as vendas da Copa do Mundo e Dia dos Namorados, a instabilidade do período pré-eleitoral também impactou as vendas. O segundo e terceiro trimestres ficaram abaixo do previsto, mas as vendas mantiveram-se aquecidas no início do ano e tivemos a melhor Black Friday da história, com vendas muito acima da expectativa, explica.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Arrecadação catarinense cresce 5,7% em fevereiro

Somente com ICMS, a soma foi de R$ 2,22 bilhões, de acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) nesta quinta-feira (4)
Arrecadação catarinense cresce 5,7% em fevereiro
Economia

IPTU 2021 vence dia 10 de março em Jaraguá

Quem optar pelo pagamento a vista terá desconto de 10%
Política

Licitação para reforma da escola Albano Kanzler deve ser lançada em 30 dias

Obra é aguardada há 20 anos pela comunidade
Licitação para reforma da escola Albano Kanzler deve ser lançada em 30 dias
Economia

Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete

Tabela foi publicada hoje no Diário Oficial da União
Transporte rodoviário tem novo piso mínimo de frete
Ver mais de Economia