Delivery Much
ECONOMIA

Dólar tem viés de baixa, após rondar estabilidade

15 Abr 2019 - 10h59Por Silvana Rocha

O dólar à vista exibe viés de baixa na manhã desta segunda-feira, 15, sob influencia do dólar fraco no exterior, após ter iniciado a sessão oscilando perto da estabilidade. O mercado opera na expectativas pela reunião do presidente Jair Bolsonaro com o ministro da Economia, Paulo Guedes, marcada para 16h.

Guedes tentará encontrar uma solução para a questão do diesel, após a ingerência política de Bolsonaro na Petrobras ter determinado a suspensão do reajuste de 5,7% no preço do combustível na quinta-feira passada, dia 11.

Guedes chega nesta segunda-feira dos Estados Unidos. No sábado, 13, em Washington, onde participava de eventos do FMI e Banco Mundial, o ministro disse que é possível "consertar", caso Bolsonaro tenha feito alguma coisa "que não seja razoável" na economia. "Uma conversa conserta tudo", afirmou o ministro.

O mercado está na expectativa também pela reunião interministerial nesta segunda-feira, na Casa Civil, para tratar da política de reajuste para combustíveis. Nesta terça-feira, 16, está programado um encontro de Bolsonaro com o presidente da petroleira, Roberto Castello Branco, para discutir a questão dos preços. Os agentes financeiros afirmam que a ingerência política coloca em xeque as novas regras de revisão de preços da estatal e cria um clima de desconfiança em relação aos planos da companhia de vender ativos, como as refinarias.

Há dúvidas, ainda, sobre o cronograma da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), ou seja, se a votação da PEC da Reforma da Previdência vai ocorrer antes ou depois da PEC do Orçamento Impositivo.

Por enquanto, o investidor digere a queda de 0,31% em janeiro (dado revisado) da economia brasileira em fevereiro deste ano. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) recuou 0,73% em fevereiro ante janeiro, na série com ajuste sazonal. O resultado veio dentro do intervalo projetado pelos analistas do mercado financeiro consultados pelo Broadcast Projeções, que esperavam resultado entre -1,00% e 0,30% (mediana em -0,25%). É o menor patamar para o IBC-Br com ajuste desde maio do ano passado (133,15 pontos).

Às 9h25 desta segunda, o dólar à vista caía 0,09%, aos R$ 3,8849, após ter registrado mínima em R$ 3,8764 (-0,31%) e máxima aos R$ 3,8909 (+0,06%). O dólar futuro para maio estava em alta de 0,09%, aos R$ 3,8875.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor

Na prática, os estabelecimentos que recebem leite ou processam leite cru refrigerado terão que rastrear toda a matéria-prima e solicitar os exames de brucelose e tuberculose dos bovinos de seus fornecedores
Santa Catarina exigirá rastreabilidade do leite para dar mais segurança ao consumidor
Geral

IPVA 2021: prazo para pagamento em cota única termina no dia 1º de fevereiro

O prazo para pagamento em três vezes sem juros terminou no último dia 10
Economia

Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena

Os números sorteados neste sábado foram 02, 09, 34, 49, 51, 55
Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
Economia

Nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje

Serão beneficiadas 3,5 milhões de pessoas
Nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
Ver mais de Economia