Delivery Much
Economia

Conta de luz terá cobrança extra em maio

A bandeira tarifária vai passar para amarela, com custo de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora consumido

27 Abr 2019 - 16h05Por Cintia Moreira / Agência do Rádio
Conta de luz terá cobrança extra em maio -

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou que a bandeira tarifária no mês de maio vai ser amarela, com custo de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora consumido. Vale lembrar que desde dezembro do ano passado a bandeira tarifária estava verde em todo país, ou seja, sem a cobrança extra.

Segundo a ANEEL, maio é o mês de início da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN) e, embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico (GSF) e motiva o acionamento da bandeira amarela.

A agência reguladora informou ainda que é necessário intensificar as ações relacionadas ao uso consciente e ao combate ao desperdício de energia.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas

Cinco empreiteiras participaram do processo licitatório, que compreende as obras de arte especiais do trecho - Ponte do Portal, Viaduto do Manne e elevado no bairro Avaí
Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas
Economia

Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro

O desempenho supera a média nacional de 4,1%. É a sexta taxa positiva consecutiva
Vendas no comércio catarinense crescem 6,3% em novembro
Economia

Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país

O Estado apresentou resultado positivo em quatro indicadores da indústria no acumulado de 2020
Santa Catarina registra crescimento de 11,1%, o segundo maior do país
Economia

Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31

Bolsa caiu 1,44% em dia de ajustes
Dólar fecha com pequena queda, vendido a R$ 5,31
Ver mais de Economia