105 Ouça
ECONOMIA

Condomínio mais caro reduz valor do aluguel

18 Fev 2019 - 09h00Por Douglas Gavras

Além da competição pelo locador, o proprietário de imóveis precisa lidar com um custo que foge ao seu controle, mas que, muitas vezes, é decisivo para quem procura um apartamento para alugar: o condomínio.

Pesquisa feita pela startup de administração de condomínios LAR aponta que, a cada R$ 1 de aumento no valor do condomínio, o dono do imóvel precisa reduzir o aluguel entre R$ 1,20 e R$ 3,20, cálculo que leva em conta residências entre 75 m² e 200 m², as mais procuradas.

Para fazer o estudo, conduzido pelo sócio-fundador Rafael Lauand, a LAR pesquisou preços de cerca de 9 mil imóveis residenciais na cidade de São Paulo em anúncios online de centenas de imobiliárias, em 14 bairros com valor de metro quadrado e IDH semelhantes.

A conclusão foi de que, tomando como exemplo uma residência de 75 m², para cada R$ 1 de aumento no valor do condomínio, o valor do aluguel anual cai R$ 1,20. Ou seja, em um aumento de R$ 100 mensais no condomínio, o proprietário perde em média R$ 1.428 anuais, enquanto o inquilino continua pagando o mesmo valor.

Matérias Relacionadas

Economia

WEG anuncia investimentos de R$ 34 milhões em Betim, Minas Gerais

Com os investimentos, a empresa estará mais capacitada para fornecer diversos produtos
WEG anuncia investimentos de R$ 34 milhões em Betim, Minas Gerais
Economia

Pesquisa aponta redução de 404 mil trabalhadores no comércio em 2020

Comércio por atacado foi o único a ampliar número de funcionários
Pesquisa aponta redução de 404 mil trabalhadores no comércio em 2020
Economia

Conta de luz em SC terá aumento médio de 11,32%

Novas tarifas entram em vigor no dia 22
Conta de luz em SC terá aumento médio de 11,32%
Economia

Empresas podem ser obrigadas a divulgar valor de salário em anúncios de empregos

Medida depende de aprovação de projeto de lei
Empresas podem ser obrigadas a divulgar valor de salário em anúncios de empregos
Ver mais de Economia